Booking.com

quinta-feira, maio 16, 2013

Seniores: 'Golo foguete' de Diogo António garante três pontos ao Meirinhas

Estádio Albano Tomé Féteira, em Vieira de Leiria
Árbitro: Nélson Pereira, auxiliado por José Agostinho e Eduardo Brites.
Assistência: 150 Espectadores
.
ID Vieirense 0
Treinador: Bruno Ramusga.
Ricardo Policarpo, Júlio Gomes, Gata (Cap.) (Marco Beato, aos70 min.), Bruno Ferreira, Sérgio Letra, Milton, João Bufa (Ricardo Neto, aos 44 min.), Rafa Crespo (Rodrigo Marques, aos 88 min.), João Pinto, Bruno Gomes, Miguel
Suplentes: Rafael Oliveira, Cristiano Tavares, Daniel Rego, Luís Simões.
.
AR Meirinhas 1
Treinador: Carlos Ribeiro.
Róis, Batista, Brice, Nhó, Vitorino, Armando, Zé Luís (Cap.), Capão (Jeremy, aos 45 min.), Falcão, Nélson (Milton, aos 80 min.), Teles (Diogo António, aos 63 min.)
Suplentes: Pena, Pilas, Edgar, Rémy.
.
Ao Intervalo: 0-0.
Marcadores: 0-1 Diogo António (aos 66 min.)
Acção Disciplinar: Amarelo a Armando (aos 57 min.), Batista (aos 71 min), Milton (aos 83 min.), Diogo António (aos 86 min.), Jeremy (90+2 min.), Falcão (90+3 min.).
.
Em jogo de crucial importância na luta pela manutenção na Divisão de Honra, o Vieirense recebeu no Estádio Albano Tomé Féteira, a equipa das Meirinhas.
O jogo começou bastante equilibrado e a bom ritmo, com as duas equipas a privilegiarem o futebol directo, e com a bola a estar sempre por perto de uma das balizas. Aos 14 minutos surge o primeiro lance de algum perigo. Bruno Gomes a cruzar na esquerda e Róis a socar a bola para a frente da sua área, onde aparece João Bufa, que em situação privilegiada, remata para fora. Dois minutos depois, novamente o Vieirense a causar perigo. Cruzamento na direita e Miguel a aparecer repentino e a cabecear para boa defesa de Róis.
Na resposta, aos 21 minutos, canto na esquerda para as Meirinhas, e Nhó a cabecear com muito perigo, com um defesa da equipa do Vieirense a conseguir evitar o golo em cima da linha de baliza. O jogo continuava equilibrado e apesar de a bola chegar muitas vezes junto das balizas, poucas vezes era com real perigo.
A segunda parte começa praticamente na mesma toada. Muito equilíbrio a meio-campo e muita luta pela posse de bola. Até que aos 66 minutos e apenas três minutos depois de ter sido lançado no jogo, Diogo António vai quebrar a monotonia. Desentendimento infantil entre dois defesas do Vieirense á entrada da sua área, a bola a sobrar para Diogo António, que com um potente remate faz o 0-1 para as Meirinhas. Em desvantagem no marcador, o Vieirense procurou responder, mas fazia-o sempre de uma forma incipiente e que facilmente os defesas das Meirinhas anulavam. Só através de algumas bolas paradas, com a bola a ser cruzada para a área, conseguiu criar algum perigo, mas o resultado já não se alterou.
Vitória preciosa da equipa das Meirinhas, que fez um jogo inteligente e soube aproveitar um erro defensivo do Vieirense para chegar ao golo. Quanto ao Vieirense, fez pela vida e teve alguns lances em que poderia ter chegado ao golo, mas a este nível não pode cometer erros como o que ditaram o golo das Meirinhas.
Quanto a arbitragem de Nélson Pereira e seus pares, teve uma actuação regular, tendo controlado bem o jogo no aspecto disciplinar, ficando apenas algumas dúvidas num lance dentro da área das Meirinhas já nos minutos finais, em que nos pareceu haver lugar a marcação de uma grande penalidade, mas o árbitro estava bem posicionado, pelo que lhe damos o benefício da dúvida.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook