Booking.com

terça-feira, maio 31, 2016

Sub 12 ACDR Almagreira 2015-2016


UR Mirense já planifica a próxima temporada

A União Recreativa Mirense anunciou na sua página oficial a renovação com o treinador Balela para a temporada 2016-2017. Juntamente com o técnico, também o seu adjunto Pedro Martins vai continuar ao serviço do clube na próxima temporada.
Para além da equipa técnica, o clube informou também que para a próxima temporada já renovou com os seguintes atletas Diogo Fonseca, João Nuno Vicente, João Caetano, Sérgio Pardal, Gonçalves, Kévin Miranda, Rúben Santos, Nuno Caetano, Serginho, Tiago e Diogo Caetano.
O clube de Mira de Aire procura assim atempadamente planificar a próxima época, isto numa altura em que no próximo domingo terá um jogo decisivo frente ao SCE Bombarralense, onde um empate ou vitória garantem ao Mirense aconquista do 1ºlugar do Grupo B / Sul, indo depois discutir a final frente ao Caseirinhos, vencedor do Grupo B / Norte.

segunda-feira, maio 30, 2016

GDR Boavista critica postura de Gonçalo Carreira no jogo frente ao Portomosense

Em carta aberta enviada à Associação de Futebol de Leiria, e divulgada na sua página oficial, o GDR Boavista mostra o seu descontentamento com a postura do árbitro Gonçalo Carreira no jogo do passado domingo frente à AD Portomosense. Entre criticas a arbitragem de uma forma geral "e aqui entra a arbitragem que se destaca todo neste processo, pois julgam ser os iluminados e os déspotas...", o clube critica de uma forma mais concisa Gonçalo Carreira, o qual acusam de "quando esse árbitro sai do seu balneário, se dirige aos dirigentes do Boavista, percorrendo 100m e ofende grosseiramente a instituição, jogadores e os dirigentes, este senhor não merece nada...nem o futebol."

Iniciados: Biblioteca e ID Vieirense disputam final do Grupo B

As equipas de iniciados da Biblioteca e do ID Vieirense vão disputar no próximo domingo, a final do Grupo B. O jogo vai ter lugar no Campo do Tojal, em Picassinos, a partir das 10h30 e a entrada é livre.

domingo, maio 29, 2016

GC Alcobaça está de regresso aos Campeonatos Nacionais

O Ginásio Clube de Alcobaça recebeu e venceu esta tarde a equipa da Moita do boi por 1-0, golo de Alexandre Cruz. Com esta vitória e a faltar ainda uma jornada para o término da competição, a equipa liderada por Filipe Faria garante a título de Campeão da Divisão de Honra e a respectiva subida ao Campeonato Nacional de Seniores.

 Foto: Região de Cister

Honra
1991-1992   Sport Lisboa e Marinha
1992-1993   Ginásio Clube Alcobaça
1993-1994   Centro Recreativo e Cultural 22 de Junho/Amor
1994-1995   Associação Desportiva Portomosense
1995-1996  Ginásio Clube Alcobaça
1996-1997   Sport Clube Escolar Bombarralense
1997-1998   União Desportiva da Serra
1998-1999   União Desportiva Caranguejeira
1999-2000   Sport Clube Escolar Bombarralense
2000-2001   Ginásio Clube Alcobaça
2001-2002   União Desportiva Serra
2002-2003   Centro Cultural Rec. Alqueidão Serra
2003-2004   Industrial Desportivo Vieirense
2004-2005   Ginásio Clube Alcobaça
2005-2006   Sport Clube Escolar Bombarralense
2006-2007   União Desportiva da Serra
2007-2008   Grupo Desportivo de Peniche
2008-2009   Associação Desportiva Portomosense
2009-2010   Sport Clube Escolar Bombarralense
2010-2011   Ginásio Clube Alcobaça
2011-2012   Centro Cultural Rec. Alqueidão Serra
2012-2013   Associação Desportiva Portomosense
2013-2014   Sporting clube Pombal
2014-2015     Grupo Desportivo de Peniche
2015-2016 Ginásio Clube de Alcobaça

Iniciados do CDR Outeirense 2015-2016


ACR Maceirinha vence na Atouguia e sagra-se Campeão Distrital da 1.ªDivisão

Depois de já ter assegurado a subida de divisão, a equipa da ACR Maceirinha venceu esta tarde na Atouguia da Baleia por 0-2 e assegurou assim o título de campeão da 1.ºDivisão Distrital.

 Histórico Vencedores da 1ªDivisão Distrital / Seniores
1997-1998:
1998-1999:
1999-2000:
2000-2001: GD Praia da Vieira
2001-2002: SC Estrada
2002-2003: CC Ansião
2003-2004: GD Guiense
2004-2005: SCE Bombarralense
2005-2006: Recreio Pedroguense
2006-2007: ACR Maceirinha
2007-2008: SCR Gaeirense
2008-2009: CC Ansião
2009-2010: Grap/Pousos
2010-2011: Não se realizou
2011-2012: Sport Lisboa e Marinha
2012-2013: União Desportiva de Leiria
2013-2014: Grupo Desportivo de Alvaiázere
2014-2015: AE Óbidos
2015-2016: ACR Maceirinha

sábado, maio 28, 2016

Juvenis: EAS Marinha Grande vence 1.ªDivisão Distrital

Em jogo disputado esta tarde, no campo da Charneca nos Pousos, a equipas da EAS Marinha Grande venceu o AC Marinhense B nas grandes penalidades e conquistou assim o título da 1.ªDivisão Distrital. O AC Marinhense B entrou melhor e esteve em vantagem por 1-0 no jogo. No entanto, a EAS Marinha Grande acabaria por chegar ao empate, um resultado que não sofreria mais alterações, sendo então necessário recorrer à marcação das grandes penalidades, onde a equipa da EAS Marinha Grande foi mais eficaz e venceu por 3-1.

Histórico Campeões da 1ªDivisão Distrital de Juvenis:
2000-2001: SL Marinha B
2001-2002: SCE Bombarralense
2002-2003: SC Pombal
2003-2004: AC Avelarense
2004-2005: Recreio Pedroguense
2005-2006: SC Pombal
2006-2007: UD Leiria B
2007-2008: SCL Marrazes
2008-2009: Sp. Pombal
2009-2010: Caldas SC B
2010-2011: SCL Marrazes B
2011-2012: AD Portomosense
2012-2013: GC Alcobaça
2013-2014: Grupo Desportivo de Peniche
2014-2015: GD Atouguiense
2015-2016: EAS Marinha Grande

Juvenis: AC Marinhense vence Taça Distrital de Leiria


O Atlético Clube Marinhense venceu esta tarde a equipa da UD Leiria B por 2-1, conquistando assim a Taça Distrital de Leiria. Em jogo disputado no Campo do Outeiro, na Maceirinha, a equipa da UD Leiria ainda esteve em vantagem, com um golo de Bruno Cid. Mas praticamente na resposta, Ricardo Duarte e João Luís marcaram para o AC Marinhense, que garantiu assim a conquista da Taça Distrital, isto, já depois de ter também conquistado o campeonato. Época de sonho para a equipa liderada por Rui Bandeira.

Histórico de Vencedores:
2000-2001: AC Marinhense
2001-2002: Caldas Sport Clube
2002-2003: SL Marinha
2003-2004: Beneditense
2004-2005: Sport Lisboa e Marinha
2005-2006: GC Alcobaça
2006-2007: GC Alcobaça
2007-2008: SCR Gaeirense
2008-2009: UD Leiria B
2009-2010: GD "Os Nazarenos"
2010-2011: AC Marinhense
2011-2012: AC Marinhense
2012-2013: Grap/Pousos
2013-2014: Grap/Pousos
2014-2015: UD Leiria B
2015-2016: AC Marinhense

UD Leiria vence campeonato distrital de sub 13

A União Desportiva de Leiria venceu esta manhã a AD Portomosense por 0-5 e com este resultado venceu o campeonato distrital de sub 13.

Histórico de Campeões Distritais de Sub 13 :
2001-2002 : UD Leiria
2002-2003 : UD Leiria
2003-2004 : Sport Lisboa e Marinha
2004-2005 : Sport Lisboa e Marinha
2005-2006 : GDR Parceiros
2006-2007 : UD Leiria
2007-2008 : SCL Marrazes
2008-2009 : GD "Os Nazarenos"
2009-2010 : UD Leiria
2010-2011 : UD Leiria
2011-2012 : UD Leiria
2012-2013 : AC Marinhense
2013-2014 : EAS Marinha Grande
2014-2015 : AC Marinhense
2015-2016 : UD Leiria

sexta-feira, maio 27, 2016

Selecção Distrital de Sub 14: Jogo de Treino no próximo dia 2 de junho em Alfeizerão.


No próximo dia 2 de junho, 5ª-feira, a Seleção Distrital Sub-14 - Futebol Masculino irá realizar um jogo de treino com a equipa de iniciados do Caldas Sport Clube às 19h00 no Campo 5 de Outubro em Alfeizerão. Estão convocados os seguintes atletas:

AC Marinhense (3): João Pinto, Pedro Umbelino, João Salvador
Caldas SC (7): Luka Félix, Bernardo Veludo, Guilherme Martins, Ulisses Magalhães, GonçaloVeludo, Gonçalo Matias, Diogo Silva
EAS Marinha Grande (3): Diogo Lercas, João Paixão, Rodrigo Nogueira
GC Alcobaça (1): Bernardo Batista
GD Atouguiense (1): Tiago Catarino
GD Peniche (1): Martin Laranjeiro
GD "Os Nazarenos" (2): Tiago Légua, Pedro Carreira
GDR Boavista (1): Guilherme Grilo
GRAP (1): Tomás Silva
SC Pombal (2): João Maia, Eduardo Campos 

Mapa Semanal de Castigos



Seniores
1 jogo - João Monteiro (CC Ansião), Marco Gonçalves (Caseirinhos)
2 jogos - Marco Brás (Arcuda), João Boavida (AC Avelarense)
Suspensões - Manuel Oliveira (AC Avelarense / 25 dias)
Multas - Manuel Oliveira (AC Avelarense / 20 €)

Juniores
1 jogo - Bruno Coelho (GD "Os Nazarenos"), Elvis Monteiro (SCL Marrazes), Bernardo Silva (GDR Boavista), Rafael Santos (Areco/Coto), Fábio Lucas (SL Marinha B)
2 jogos - Bernardo Duarte (SL Marinha B)
3 jogos - Daniel Caetano (AD Figueiró dos Vinhos)
4 jogos - Tiago Ratinho (Biblioteca)
Suspensões - Arménio Vieira (AE Óbidos / 1 mês)
Multas - Arménio Vieira (AE Óbidos / 50 €)
Diversos - GD "Os Nazarenos" (Processo Disciplinar)

Juvenis
1 jogo - Francisco Lopes (GDR Boavista), Dany Fernandes (Moita do Boi), António Barosa (ID Vieirense), Pedro Bernarda (AC Marinhense B), Rodolfo Pereira (GD Pelariga)
2 jogos - João Germano (ID Vieirense), Vasco Cruz (SC Pombal B)
3 jogos - André Jorge (SC Pombal B)
Multas - SC Pombal B (75 €)

Iniciados
1 jogo - André Augusto (GD Pelariga), João Ferreira (AE Óbidos)
2 jogos - Gonçalo Ribeiro (GRAP)
Suspensões - Luís Francisco (GRAP / 15 dias), Sérgio Abreu (SCL Marrazes B / 20 dias)
Multas - Luís Francisco (GRAP / 10 €), Sérgio Abreu (SCL Marrazes B / 15 €)
Diversos - Leonardo Silva (SCL Marrazes B / Revisão de Pena / 2 jogos)

SL Marinha volta a ter equipa sénior com Eduardo Manaça ao leme

O Sport Lisboa e Marinha vai voltar a ter uma equipa sénior na próxima época que será orientada por Eduardo Manaça. Um ano depois da extinção da equipa principal, a formação vidreira vai disputar a 1.ª divisão distrital em 2016/2017 sob orientação de um técnico que está há um ano 'parado' depois de ter orientado a equipa de juvenis do GRAP que acabou por descer aos campeonatos distritais.

Para além de assumir a equipa sénior, Eduardo Manaça será também o treinador da equipa de juniores do SL Marinha que irá disputar a Divisão de Honra distrital, depois de ter descido esta temporada da 2.ª divisão nacional, e assumirá igualmente coordenação de todo o futebol de 11 do clube.

"Informo todos aqueles que gostam de mim e os que não, que aceitei um novo desafio desportivo, no qual vou assumir como treinador a equipa sénior e júnior do S.L. Marinha época 2016/17, e paralelamente farei também parte da estrutura e gestão do futebol do clube. S.L. Marinha é um clube que se encontra numa grande fase de reestruturação com entrada de novos elementos (direcção) e muitas mudanças significativas", escrever o treinador na sua página no Facebook.

quinta-feira, maio 26, 2016

“Leiria Kids” mobiliza pequenos futebolistas este fim-de-semana

O Campo do Colégio Conciliar de Maria Imaculada (CCMI), na Cruz d’Areia, Leiria, recebe este fim-se-semana, o torneio de futebol “Leiria Kids”.
A iniciativa é organizada pela Academia CCMI e pela Câmara de Leiria e destina-se a futebolistas nascidos em 2009 (petizes), 2008 (traquinas B) e 2007 (traquinas A). Os futebolistas dos dois primeiros escalões jogam no sábado, e os traquinas A no domingo.
Nos dois dias, a competição arranca pelas 10 horas e a atribuição de prémios está prevista paras as 18 horas.
Para além de clubes da região, a organização adianta que o torneio contará igualmente com “outros clubes de relevância no desporto nacional”. Benfica, Porto, Belenenses, são alguns dos clubes anunciados.

Região de Leiria

Juniores: SL Marinha B vence Coto em jogo em atraso


Disputou-se esta tarde a 2.ªParte do jogo Areco/Coto - SL Marinha B, jogo da 7.ªJornada e que tinha sido interrompido devido às más condições atmosféricas. Na altura da interrupção, o SL Marinha B já vencia por 0-1, golo de Pedro Silva, resultado que esta tarde não sofreu alterações, pelo que o SL Marinha B somou mais três pontos, somando agora 16 pontos, enquanto a equipa do Areco/Coto continua com os mesmos 2 pontos.

Histórico Campeões da Divisão de Honra


Caseirinhos vence jogo em atraso frente ao Motor Clube



Em jogo em atraso referente à 10.ªJornada do Grupo B / Norte da 1.ªDivisão Distrital, o Caseirinhso venceu esta tarde a equipa do Motor Clube por 1-4.
Com esta vitória, a equipa do Caseirinhos passa a somar 27 pontos, isolando-se assim no comando da classificação, com mais um pontos que o GD Ilha. Já o Motor Clube, continua com os mesmos 18 pontos.

Luís Camacho não vai continuar no SCE Bombarralense



O técnico Luís Camacho não vai continuar no comando do SCE Bombarralense em 2016-2017. Após um ciclo de três anos, e após uma abordagem inicial para a continuação, no entanto técnico e direcção não encontraram pontos convergentes que permitissem a continuação do projecto, pelo que o técnico entendeu não haverem condições para a sua continuidade no clube.
Em declarações ao nosso site, o técnico explicou os seus motivos: "Após um convite inicial, no sentido de dar continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos 3 anos, a realidade é que, após conversa com o presidente, não foi possível encontrar pontos convergentes que permitissem a minha continuidade.  Foi com um enorme orgulho, sentido de responsabilidade e honra que representei esta enorme instituição centenária. Agradeço o convite e a oportunidade que o Presidente Fernando Tiago me proporcionou a mim e à minha equipa técnica há 3 anos em representar este clube. A todos os diretores que trabalharam comigo, apoio médico e todos atletas sem exceção, um obrigado pelo empenho, pela cumplicidade nos bons e maus momentos. Parte o treinador, fica o associado, numa despedida que será um, até já, pois voltarei seguramente um dia a servir este enorme clube, que merece sem qualquer tipo de dúvida, pela sua grandeza e eclectismo, um maior destaque no panorama desportivo. Desejo as maiores felicidades ao S.C.E.Bombarralense ". 

“Vamos continuar a crescer em equipas e atletas na formação”

O reeleito presidente da Direção do Ginásio Clube de Alcobaça assume que a subida de divisão e a conquista da Taça Distrito de Leiria são os presentes mais desejados para as comemorações do 70.º aniversário da fundação do clube. Mas aponta como prioridade a aposta nos escalões de formação, principal fator de estabilidade dos azuis para os próximos anos.
.
REGIÃO DE CISTER (RC) > A três jornadas do fim da Divisão de Honra o Ginásio é líder e basta-lhe vencer os dois jogos que tem em casa para festejar a subida. O clube está preparado para a estreia no Campeonato de Portugal Prio?
JOSÉ MATEUS FERREIRA (JMF) > Estamos conscientes dos custos da subida de divisão, pois jogar nos campeonatos nacionais representa uma despesa acrescida em relação às competições distritais. Apesar de sermos um dos clubes do distrito com mais adeptos nos jogos em casa, as receitas de bilheteira são reduzidas e as despesas com organização dos jogos e deslocações vão triplicar. Sabemos que, caso consigamos o título, teremos uma tarefa muito difícil pela frente para equilibrar o clube financeiramente na próxima temporada, mas queremos abraçar esse desafio. Teremos de trabalhar ainda mais para encontrar outros patrocínios e evitar que a subida de divisão represente um prejuízo avultado para as contas do Ginásio. O clube tem sobrevivido com o apoio de algumas empresas, da Câmara, mas sobretudo com o trabalho e empenho dos dirigentes.
.
RC > O que se pode fazer para trazer mais adeptos ao Estádio?
JMF > Desse ponto de vista não nos podemos queixar. Em média temos cerca de duas centenas de espetadores nos nossos jogos, o que é um número bastante interessante no contexto do distrito de Leiria. Mas temos consciência que, em caso de subida, haverá adeptos que deixarão de assistir aos jogos, porque os preços dos bilhetes vão subir bastante. Precisamos do apoio dos nossos adeptos para ter sucesso.
.
RC > Após a colocação do sintético no Municipal os resultados melhoraram em praticamente todos os escalões. Era inevitável dar este salto?
JMF > O sintético foi uma ajuda importante para o Ginásio poder ambicionar disputar os nacionais e já era um desejo antigo. Acreditamos na subida dos seniores, mas também podemos vir a ter outras equipas jovens nos nacionais em breve e o sintético era fundamental para melhorar as condições de treino e jogo. Ainda nos faltam infraestruturas no Estádio, nomeadamente os balneários, mas acredito que essa obra também irá avançar e que na próxima época seremos ainda mais fortes na formação e que iremos crescer em número de equipas e atletas. Foi sempre o objetivo do Ginásio ter equipas da formação nos nacionais. Não o temos conseguido, mas vamos continuar a trabalhar com esse intuito. Esta época temos 280 atletas e esse número, não tenho dúvidas, vai subir. 
.
RC > Quais são as prioridades para este segundo mandato?
JMF > As prioridades passam por subir a equipa sénior ao Campeonato de Portugal e tentar equilibrar o orçamento em 2016/17, para que a subida não cause nenhum desequilíbrio financeiro no clube. Queremos subir e estabilizar o Ginásio nos nacionais, fazendo uma equipa com capacidade competitiva e sempre com recurso a jogadores formados no clube e a um ou outro reforço. Temos de trabalhar bem na formação, por forma a colocar todos os anos três ou quatro jogadores na equipa principal. O amor à camisola é muito importante e precisamos de atletas que possam receber os que chegam de fora e lhes transmitam o que é representar o Ginásio. O nosso plantel tem muitos alcobacenses e essa é uma das mais-valias da equipa.
.
RC > A conquista da final da Taça Distrito de Leiria, diante do Beneditense, poderá ser a cereja no topo do bolo desta temporada?
JMF > Todos os ginasistas ficariam orgulhosos desta equipa – que tem trabalhado muito bem e cujos atletas e treinadores têm o nosso total apoio – se conseguíssemos subir de divisão e, além disso, se vencêssemos a taça. É um feito que acontece poucas vezes na história e, nessa medida, seria um estímulo importante para um clube com muita história e que completa sete décadas ao serviço do desporto.
.
RC > É um homem feliz enquanto presidente do Ginásio?
JMF > Sou presidente do Ginásio, mas nunca me passou pela cabeça ocupar este cargo. Estou no clube há 15 anos e comecei na formação, nunca me passou pela cabeça chegar a presidente da Direção. Mas agora que estou cá tento fazer o melhor. Costumo dizer que somos pessoas de trabalho e não temos gravata. Queremos que confiem em nós e tentamos fazer o nosso melhor. Não somos vaidosos, queremos fazer sempre melhor pelo clube. Neste momento estou à frente do clube, juntamente com os meus colegas, e apenas tentamos fazer o melhor, trabalhando de forma séria e honesta, de forma a engrandecer o Ginásio.

Joaquim Paulo - Região de Cister

terça-feira, maio 24, 2016

Final da Taça entre Beneditense e Ginásio de Alcobaça a 10 de junho na Marinha Grande

A final inédita da Taça de Leiria entre Beneditense e Ginásio de Alcobaça será disputada a 10 de junho, sexta-feira, a partir das 18h00 na Marinha Grande, confirmou a Associação de Futebol de Leiria. A Benedita FM transmite o relato do jogo em direto.

Depois de no ano passado a final da prova ter decorrido em Leiria, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, a competição organizada pela Associação de Futebol de Leiria muda a sede da final para o Municipal da Marinha Grande.
Beneditense e Ginásio estão ainda na corrida pelo titulo distrital, apesar da vantagem de quatro pontos do Ginásio colocar a formação de Alcobaça apenas a uma vitória do título e da subida de divisão. No confronto direto, para o campeonato, as duas equipas venceram os encontros no terreno do rival. Na primeira volta 3-4 para o Ginásio no Parque de Jogos Fonte da Senhora e 1-2 no Estádio Municipal em Alcobaça.

Benedita FM

domingo, maio 22, 2016

Iniciados: EAS Marinha Grande vence Taça Distrital de Leiria

Em jogo disputado esta manhã em Santa Catarina da Serra, a equipa da EAS Marinha Grande venceu a equipa do SC Pombal por 5-0 e conquistou assim a Taça Distrital de Leiria, conquista esta que junta ao campeonato, o qual já tinha conquistado com brilhantismo, somando 22 vitória em 22 jogos.

Histórico de Vencedores
2004-2005 : SCL Marrazes
2005-2006 : Caldas SC
2006-2007 : GC Alcobaça
2007-2008 : SCL Marrazes
2008-2009 : SC Pombal
2009-2010 : ID Vieirense
2010-2011 : GD "Os Nazarenos"
2011-2012 : UD Serra
2012-2013 : Sport Lisboa e Marinha
2013-2014 : Atlético Clube Marinhense
2014-2015 : EAS Marinha Grande
2015-2016 : EAS Marinha Grande

Juniores do GDCR Unidos 2015-2016


sábado, maio 21, 2016

Histórico - Campeões da Divisão de Honra / Juvenis



Campeonato Distrital
1970-1971 : SCL Marrazes
1971-1972 : SCL Marrazes
1972-1973 :
1973-1974 :
1974-1975 :
1975-1976 :
1976-1977 :
1977-1978 :
1978-1979 :
1979-1980 : SCL Marrazes
1980-1981 : SCL Marrazes
1981-1982 :
1982-1983 :
1983-1984 : SCL Marrrazes
1984-1985 : SCL Marrazes
1985-1986 : Óbidos SC
1986-1987 : Caldas SC
1987-1988 : SCL Marrazes
1988-1989 : UD Leiria
1989-1990 : A Beneditense CD
1990-1991 : UD Leiria
1991-1992 : AC Marinhense
1992-1993 : GD Nazarenos
1993-1994 : SL Marinha

Divisão de Honra
1994-1995 : UD Leiria
1995-1996 : GD Peniche
1996-1997 : UD Leiria
1997-1998 : AC Marinhense
1998-1999 : SC Pombal
1999-2000 : SL Marinha
2000-2001 : UD Leiria
2001-2002 : Caldas SC
2002-2003 : SL Marinha
2003-2004 : ID Vieirense
2004-2005 : Caldas SC
2005-2006 : Beneditense
2006-2007 : SL Marinha
2007-2008 : Caldas SC
2008-2009 : Beneditense
2009-2010 : SCL Marrazes
2010-2011 : SC Pombal
2011-2012 : Atlético Clube Marinhense
2012-2013 : Caldas Sport Clube
2013-2014 : Grap/Pousos
2014-2015 : Sporting Clube de Pombal
2015-2016 : Atlético Clube Marinhense

Juvenis: AC Marinhense vence nas Caldas da Rainha e termina época sem derrotas

O AC Marinhense venceu esta tarde nas Caldas da Rainha por 2-3, e terminou assim a época sem contabilizar nenhuma derrota. A equipa comandada por Rui Bandeira, venceu por 17 vezes, somando apenas 3 empates. Com esta vitória, o AC Marinhense passou a somar 54 pontos, mais 7 que o 2ºclassificado, precisamente o Caldas SC.
Para além do campeonato, a equipa de Rui Bandeira tem ainda hipóteses de conquistar a Taça Distrital, final que irá disputar frente à equipa da UD Leiria B.

GC Alcobaça vence CC Ansião 3-1 e está a um pequeno passo do Campeonato Nacional

O Ginásio Clube de Alcobaça recebeu e venceu esta tarde a equipa do CC Ansião por 3-1, e deu assim um passo quase decisivo rumo ao campeonato nacional. Com esta vitória, e quando faltam apenas disputar duas jornadas, o GC Alcobaça continua com 4 pontos de vantagem sobre o AC Marinhense, pelo que uma vitória no jogo do próximo domingo frente a Moita do Boi, garante automaticamente o titulo de campeão distrital e a subida aos nacionais para a equipa de Filipe Faria.
Mais equilibrada está a luta pelo 2.ºlugar e que eventualmente poderá também dar acesso ao campeonato nacional. A vantagem está do lado do AC Marinhense, que venceu esta tarde na Vieira de Leiria por 1-2 e segue assim com mais um ponto que o Beneditense que venceu por 5-0 a UDRC Matamourisca. Curiosamente, estas duas equipas vão-se defrontar no próximo domingo, no Campo da Portela, num jogo que pode ser decisivo nas contas pelo 2.ºlugar. Mas para além de AC Marinhense e Beneditense, também SC Pombal e GD Guiense estão na luta pelo 2.ºlugar. O SC Pombal, tem os mesmos 61 pontos que o Beneditense (menos 1 que Marinhense), e o GD Guiense tem 60 pontos, pelo que aconteça o que acontecer na próxima jornada, apenas na última jornada se saberá com certeza quem será o 2.ºclassificado.

Histórico Campeões da Divisão de Honra (Juniores)


Campeonato Distrital
1966-1967 : SCL Marrazes
1967-1968 :
1968-1969 :
1969-1970 :
1970-1971 :
1971-1972 : SCL Marrazes
1972-1973 : SCL Marrazes
----
----
1985-1986 : SCL Marrazes
1986-1987 : GD Peniche
1987-1988 : Óbidos SC
1988-1989 : SCE Bombarralense
1989-1990 : SC Pombal
1990-1991 : Caldas SC
1991-1992 : AC Marinhense
1992-1993 : Caldas SC

Divisão de Honra
1993-1994 : AC Marinhense
1994-1995 : UD Leiria
1995-1996 : SL Marinha
1996-1997 : GD Peniche
1997-1998 : Caldas SC
1998-1999 : UD Leiria
1999-2000 : SCE Bombarralense
2000-2001 : AC Marinhense
2001-2002 : SL Marinha
2002-2003 : AC Marinhense
2003-2004 : Caldas SC
2004-2005 : SC Pombal
2005-2006 : ID Vieirense
2006-2007 : AD Portomosense
2007-2008 : Caldas SC
2008-2009 : SL Marinha
2009-2010 : AC Marinhense
2010-2011 : SCL Marrazes
2011-2012 : Grupo Desportivo Atouguiense
2012-2013 : Beneditense
2013-2014 : Atlético Clube Marinhense
2014-2015 : Sport Lisboa e Marinha
2015-2016 : Sporting Clube de Pombal

Juniores: SC Pombal Campeão Distrital da Divisão de Honra

No tão aguardado jogo desta tarde, o SC Pombal conseguiu um empate (0-0) em Óbidos e garantiu assim o titulo de Campeão Distrital da Divisão de Honra e a subida ao campeonato nacional. A equipa de Manuel Lopes, termina assim o campeonato com 51 pontos, mas três que a equipa da AE Óbidos.

Campeonato Distrital
1966-1967 : SCL Marrazes
1967-1968 :
1968-1969 :
1969-1970 :
1970-1971 :
1971-1972 : SCL Marrazes
1972-1973 : SCL Marrazes
----
----
1985-1986 : SCL Marrazes
1986-1987 : GD Peniche
1987-1988 : Óbidos SC
1988-1989 : SCE Bombarralense
1989-1990 : SC Pombal
1990-1991 : Caldas SC
1991-1992 : AC Marinhense
1992-1993 : Caldas SC

Divisão de Honra
1993-1994 : AC Marinhense
1994-1995 : UD Leiria
1995-1996 : SL Marinha
1996-1997 : GD Peniche
1997-1998 : Caldas SC
1998-1999 : UD Leiria
1999-2000 : SCE Bombarralense
2000-2001 : AC Marinhense
2001-2002 : SL Marinha
2002-2003 : AC Marinhense
2003-2004 : Caldas SC
2004-2005 : SC Pombal
2005-2006 : ID Vieirense
2006-2007 : AD Portomosense
2007-2008 : Caldas SC
2008-2009 : SL Marinha
2009-2010 : AC Marinhense
2010-2011 : SCL Marrazes
2011-2012 : Grupo Desportivo Atouguiense
2012-2013 : Beneditense
2013-2014 : Atlético Clube Marinhense
2014-2015 : Sport Lisboa e Marinha
2015-2016 : Sporting Clube de Pombal

sábado, maio 14, 2016

Juvenis: AE Óbidos garante subida à Divisão de Honra

Depois de a EAS Marinha Grande já ter garantido a subida à Divisão de Honra, este sábado a equipa da Associação Espeleológica de Óbidos recebeu e venceu a equipa da UD Batalha por 2-0 e garantiu assim também um lugar na Divisão de Honra da próxima temporada.

AC Marinhense Campeão Distrital de Juvenis 2015-2016

Futebol Feminino: UR Bárrio vence Taça Distrital de Leiria

A União Recreativa do Bárrio, derrotou, este sábado, a ACR Maceirinha, por 1-0, e conquistou, pela primeira vez na história, a Taça Distrito de Leiria de futebol feminino.
O encontro, disputado no Estádio Municipal da Batalha, só ficou resolvido na 2.ª parte, quando a média-direita Flávia converteu um castigo máximo.
A turma de Sérgio André encerrou, assim, com chave de ouro a temporada 2015/16, assegurando um troféu para o emblema do Bárrio.

Histórico de Vencedoras da Taça Distrital de Leiria 
2012-2013 : GDC A-dos-Francos
2013-2014 : GDC A-dos-Francos
2014-2015 : GDC A-dos-Francos
2015-2016 : União Recreativa do Bárrio

Joaquim Paulo - Região de Cister

quarta-feira, maio 11, 2016

Seniores: Jogos antecipados na Divisão de Honra


Os jogos da 27.ªJornada da Divisão de Honra, UDRC Matamourisca - ID Vieirense e GRAP - Benditense, forma antecipados, já não se jogando no domingo, às 17 horas. O GRAP - Bemeditense vai-se disputar na sexta-feira, às 21 horas, enquanto o UDRC Matamourisca - ID Vieirense se disputa sábado, às 19 horas.
Tal como estes jogos, é de prever que muitos clubes seniores, tentem a mudança dos seus jogos, pois com estes a decorrerem às 17 horas, coincidem no horário com os jogos da decisão da Superliga, algo que já tem levantado muitas criticas por todo o país, sendo fácil de perceber que serão muito poucos os espectadores que irão aos estádios. Há casos mais extremos, como o que vem relatado no Jornal "O jogo", onde alguns clubes da AF Viana do Castelo, temem mesmo não só não ter adeptos aos jogos, como possivelmente muitos jogadores.

Ginásio de Alcobaça reforça liderança na Divisão de Honra

Estádio Municipal de Alcobaça
Árbitro: Nuno Rodrigues. 
Auxiliares: Frederico Mata e Gonçalo Teixeira.

GC Alcobaça 3
João Pedro, André Oliveira (Bruno Daniel, 56'), Luís Silva, Serginho, Hugo Meca (Rui Rodrigues, 76') , Tiago Cerejo, Miguel Jacinto (Yassin Kalda, 63'), Fábio Rosado (Rui Rodrigues, 75'), Miguel Pinheiro (c), Alexandre Cruz e Tiago Bragança. Não jogaram: Rui Oliveira, Wilson Cabral, Telmo Pereira e João Candeias.
Treinador: Filipe Faria.

GD Pelariga 1
Nuno Viseu, Mariano Tavares, Jorge Marto (Alex Santos, 53'), Ivo Vieira (c), Filipe Dias (Lyonel Santos, 70'), Manuel Gonçalves, Luís Batalha, Joel Bastinhas, Daniel Chaves e António Mendes. Não jogaram: Miguel Gonçalves, Nani, David Henrique, Amadeu Junior.
Treinador: Nuno Pereira.

Ao intervalo: 0-0.
Golos: 0-1 Gui (42'), 1-1 Alexandre Cruz (46'), 2-1 Luís Silva (82'), 3-1 Yassin (90+4')
Disciplina: Amarelo a Joel Bastinhas (46'), Bragança (55'), Yassin (63'), Tiago Cerejo (63'), Miguel Pinheiro (65'), Luís Silva (67'), Ivo Veira (76'), António Mendes (80'), Hugo Meca (82'), Alexandre Cruz (84'). Filipe Faria expulso do banco.

O Ginásio de Alcobaça conseguido um triunfo precioso na tarde de domingo perante a Pelariga por 3-1, num jogo em que a turma de Filipe Faria começou a perder, mas arrancou os três pontos já na segunda parte.
Os primeiros minutos foram de equilíbrio, apesar de algum ascendente do Ginásio perante uma Pelariga que fechou todos os caminhos para a sua baliza.
Se do lado dos alcobacenses a finalização não era a melhor, do lado da Pelariga o avançado Gui, na primeira oportunidade, finalizou de cabeça um canto marcado do lado direito por Pedro Neves, deixando a Pelariga em vantagem até ao intervalo.
A segunda parte começou praticamente com Hugo Meca a escapar-se pelo lado direito e, já dentro da área, Joel foi obrigado a travá-lo em falta. Alexandre Cruz bateu o castigo máximo de forma perfeita e repôs a igualdade. Um golo algo contestado por Nuno Pereira, mas os seus jogadores reagiram bem e discutiam todos os lances com enorme vigor na busca por um resultado positivo.
Aos 60', a Pelariga deixou o aviso quando Miguel Tavares rematou forte sobre a barra. O jogo estava vivo, mas foi a equipa local que cresceu mais valendo um conjunto de boas defesas de Nuno Viseu a evitar o golo. Noutra jogada, foi o poste que evitou o golo do Ginásio.
A Pelariga recuava no terreno e o Ginásio aumentava a pressão. Na marcação de um livre de fora da área a bola foi desviada por Luís Silva para o 2-1. Um momento de grande euforia nas hostes azuis.
Já no período de compensação, num contra-ataque pelo lado esquerdo, Alexandre Cruz surgiu isolado frente a Viseu, mas optou por assistir Yassin que se limitou a empurrar para o 3-1 final.
Trabalho positivo da equipa de arbitragem.

Texto e foto: Fernando José - Diário de Leiria

Beneditense empata em casa e perde o comboio da frente

Parque de jogos Fonte da Senhora, Benedita
Árbitro: Gonçalo Carreira.

Beneditense 0
Diogo Soares; Tiago Gonçalves, Batuto, Subtil (Tonicha, int.), Justino, RS (Nico, int.), Rafael Ramalho, Dário Marquês, Élio, Pimenta (Lucas Grilo, 77') e Diogo Lopes.
Treinador: Leandro Santos.

Moita do Boi 0
Pesca, Paulo Santos, Micael, Nélson Marques e Zezito; Calixto, Fábio Ferreira e Micael Santos (Giló, 80'); Simão (Rodrigo, 90+4'), Diogo Ribeiro e Pato (Fred, 65').
Treinador: Ricardo Silva.

Ao intervalo: 0-0.

O Beneditense atrasou-se na corrida pelo título distrital e consequente subida aos campeonatos nacionais, fruto do empate em casa (0-0) perante a Moita do Boi. A formação de Leandro Santos apenas no segundo tempo 'entrou' no jogo, mas já foi demasiado tarde perante um adversário que se mostrou bastante organizado do princípio ao fim, e que acabou por justificar o empate no encontro.
No primeiro tempo, o perigo raramente rondou as duas balizas. O jogo foi sempre muito disputado a meio-campo, sem que tenham ocorrido verdadeiras situações de perigo para ambos os lados.
No segundo tempo, a qualidade de jogo melhorou um pouco, com o Beneditense a impor maior rapidez nos seus processos ofensivos e a colocar mais calafrios junto à baliza de Pesca, guarda-redes que se mostrou sempre bastante seguro ao longo de toda a partida.
A primeira situação de perigo pertenceu a Nico, que tinha acabado de entrar, mas a bola saiu ligeiramente ao lado da baliza de Pesca. Seguiu-se nova oportunidade para os locais por Batuto, mas o remate não saiu com a direcção correcta.
Apesar das tentativas do Beneditense em chegar à vitória, foi a Moita do Boi quem esteve perto do triunfo na parte final quando Giló obrigou Diogo Soares a defesa atenta.
Na resposta, e em cima do minuto 90, foi a vez de Lucas Grilo a estar novamente perto do golo, mas falhou o alvo.
Mesmo ao cair do pano foi novamente Giló a criar muito perigo na sequência de um livre, mas o guarda-redes Diogo Soares evitou males maiores para a sua equipa com uma boa defesa.
Com este resultado, o Beneditense manteve o segundo lugar, mas agora a cinco pontos do líder Ginásio de Alcobaça. Já a Moita do Boi continua a registar um campeonato tranquilo, tendo mais quatro pontos que o GD Alvaiázere, a primeira equipa abaixo da linha de água.

Texto: Cid Ramos - Diário de Leiria
Foto: Hélder Matias

GDR Boavista surpreende líder ACR Maceirinha

Campo do Outeiro, Maceirinha
Árbitro: Vânia Almeida. 
Auxiliares: Pedro Alves e João Paulino.
Espectadores: 150. 

ACR Maceirinha 0
Nuno, Kikó (c), Diogo Soares, Bertolino (Nelson, 56'), Hélio Aurélio, João Russo (André, int.), Picamilho, Réne, Pedro Filipe (João Costa, 64'), Chico e Félix Carvalho. Não jogaram: Gila, João Silva, Luís Pedro e Ruizinho.
Treinador: Flávio Azenha.

GDR Boavista 2
Diogo Martins, Pedro Amado (Nuno Joaquim, int.), João Roberto, Nhó, Ricardo Godinho,André Pereira, Mosca, Nelson Santos, Miguel Silva, Paulo Ferreira (c) e Diogo António. Não jogaram: Pena.
Treinador: Paulo Santos.

Ao intervalo: 0-1.
Golos: 0-1 Nelson Santos (18'), 0-2 Diogo António (66').
Disciplina: Amarelo a Bertolino (10'), Chico (43'), Nelson (46'), Nhó (62'), René (71'), Mosca (80'), Diogo Martins (90+1').

O GDR Boavista impingiu a segunda derrota (0-2) ao líder Maceirinha na fase final, num jogo em que os axadrezados justificaram o triunfo, sendo premiados pelo seu jogo inteligente.
Entrou melhor a equipa da casa, com maior maior posse de bola, mas com dificuldades em encontrar espaços na defensiva contrária, enquanto a Boavista tentava explorar o contra-ataque.
Chico teve o primeiro lance de perigo, mas pecou na finalização. Depois foi René com um bom remate para defesa incompleta de Diogo Martins.
Na sua primeira investida à baliza contrária, os boavisteiros chegaram ao golo, com Nelson Santos a isolar-se e, à saída de Nuno, fez um chapéu de classe, abrindo assim o marcador. Na resposta, Bertolino poderia ter empatado, mas, em boa posição, rematou por cima (32').
Na segunda parte, a Maceirinha entrou determinada em anular a desvantagem e Félix Carvalho, num livre directo, esteve perto do golo, mas o esférico embateu caprichosamente na barra (51').
Sem praticar o futebol fluente de outras tardes, a Maceirinha tinha muitas dificuldades em ligar o seu jogo e sofreu novo golpe duro ao consentir novo golo, quando Diogo António enganou toda a gente, marcando de livre directo.
Com a entrada de João Costa, o conjunto de Flávio Azenha melhorou um pouco, mas o poste voltou a ser um entrave, pois parou novo remate desta feita de Chico.
Com a equipa subida no terreno, ficando exposta aos contra-ataques do seu opositor, a Boavista teve perto de aumentar a contenta por mais que uma vez. Primeiro foi Diogo António a rematar muito torto, quando ganhou posição já dentro da área. Depois foi Mosca a decidir mal no último passe e, por fim, Nuno Joaquim a encontrar a oposição do guardião Nuno.
Perto do final, Chico poderia ter reduzido, mas um defesa contrário cortou perto da linha de golo.
Arbitragem fraca e nervosa de Vânia Almeida.

Texto e foto: Fábio Osório - Diário de Leiria

GRAP goleia Ansião e mantém-se na luta pela subida

Estádio Municipal de Ansião
Árbitro: Tiago Pinto.
Espectadores: 50.

CC Ansião 0
Rui Santos, Joel, Francisco, Ivo, Hugo Reis, João Santos, Martim, Guilherme (Alexandre Morais, 53'), Rodrigo, Pedro Gonzaga, Bruno Tavares (Alexandra Santana, 40'). 
Não jogaram: Miguel Mendes, Gonçalo.
Treinador: Moisés Lourenço.

GRAP 7
Pedro Mota, Afonso Veiga (Miguel Simões), André Brites, João Baptista, Rúben (Ricky), Leo (Gonçalo), David Brites, F. Machado (Fred), Alex. O. (c), Alex. M. (Guilherme), Tomás. 
Não jogaram: Raimundo e Joaquim.
Treinador: Pedro Correia.

Ao intervalo: 0-3.
Golos: 0-1 David (4'), 0-2 Tomás (19'), 0-3 Alex M. (43'), 0-4 Tomás (50'), 0-5 Alex O. (65'), 0-6 João Baptista (57'), 0-7 Tomás (65').
Disciplina: Nada a registar.

O GRAP foi até Ansião conseguir uma vitória robusta por 0-7, mantendo-se a apenas um ponto do líder GDR Boavista.
A formação dos Pousos começou o jogo praticamente a marcar na sequência de um livre de Rúben para a área, com David a encostar para o fundo das redes.
O domínio dos visitantes continuou e após um canto batido por Alex M., João Baptista rematou e David, na recarga de cabeça, atirou escandalosamente ao lado. No minuto seguinte, Tomás, com um remate à entrada da área, fez o 0-2.
E assim terminou uma primeira parte em que só se jogou no meio-campo do Ansião. Na segunda parte, o GRAP surgiu novamente com garra e determinação em mostrar a sua maior qualidade, perante um Ansião desfalcado e sem inspiração para enfrentar Pedro Mota. Assim, os golos foram-se sucedendo com a toda a naturalidade por intermédio de Alex M. (43'), Tomás (50' e 65'), Alex O. (53') e João Baptista (57'), fixando o resultado em 0-7, acabando até por ser escasso devido ao número de oportunidades falhadas pelo GRAP.

Texto: Catarina Pereira - Diário de Leiria
Foto: Rik Marlen

AC Marinhense vence UD Leiria ‘B’ e dá passo importante rumo ao título

Campo da Mata, Santa Eufémia
Árbitro: Pedro Narciso. 
Auxiliares: Diogo Firmino e Rafael Jorge.
Espectadores: 80. 
UD Leiria ‘B’ 1
Leonardo, Guilherme Dias, João Lopes, Alexandre Bem, Bruno Carpinteiro (Miguel Vieira, int.), Tiago Claro (c), João Duarte (Melo, 58'), Tiago Marques, Marandici (Gustavo, 68'), Bruno Cid (Gassama, 58'), Tomás Dionísio.
Não jogaram: Bernardo, Celso, Simão.
Treinador: Rui Silva.

AC Marinhense 3
Jorge, Teles, Rafael Henriques, Luisão, Isaac (Dilan, 63'), Vitor, Alex, Fábio (André Vitorino, 78'), João Luis, Carreira, Ricardo Duarte.
Não jogaram: Ricardo Matos, Rafael Vitorino, Tomás, Daniel, Afonso.
Treinador: Rui Bandeira.


Ao intervalo: 1-3.
Golos: 0-1 João Luís (10'), 0-2 Guilherme Dias (14', a.g.), 1-2 Marandici (19'), 1-3 Fábio (35').
Disciplina: Amarelo a Ricardo Duarte (46'), Dilan (70'), Tiago Claro (76'), Miguel Vieira (80+2').

O AC Marinhense deu um passo importante para assegurar o título distrital, em juvenis, ao vencer no sábado a UD Leiria 'B' por 1-3 num jogo que ficou decidido ainda no primeiro tempo e em que a formação de Rui Bandeira justificou por completo a conquista dos três pontos.
Os primeiros minutos foram de intenso domínio do Marinhense, mas as difíceis condições do relvado impossibilitavam a prática de um futebol de qualidade às duas equipas. Ainda assim, foi a equipa vidreira a primeira a adiantar-se no marcador após um livre de Fábio em que Leonardo socou a bola de forma defeituosa, deixando o esférico à mercê de João Luís que só teve que encostar para o golo inaugural.
A UD Leiria tentou reagir, mas voltou a evidenciar um nervosismo defensivo, pagando caro por isso mesmo com o segundo golo do Marinhense a aparecer num lance de insistência de Alex que cruzou para a pequena área onde apareceu Guilherme Dias a cortar o lance para a própria baliza, num momento de infelicidade do lateral leiriense.
A resposta da UD Leiria surgiu num livre batido para a área em que o guarda-redes Jorge saiu mal da baliza possibilitando a Marandici cabecear para o golo.
A equipa da casa cresceu no jogo com o golo obtido e pouco depois foi Bruno Cid quem teve o empate nos pés, mas, em boa posição, rematou para grande defesa de Jorge.
O Marinhense reagiu ao empertigamento leiriense e já perto do intervalo fez o 1-3 numa jogada de insistência de Ricardo Duarte com o avançado a cruzar de forma primorosa para o aparecimento de Fábio que, ao segundo poste, encostou para o golo.
Na segunda parte esperava-se uma reacção da UD Leiria, mas o jogo foi muito dividido, com as melhores situações a pertencerem ao conjunto da Marinha Grande. João Luís foi quem deu o primeiro sinal de perigo ao rematar de fora de área ao poste da baliza leiriense. Pouco depois, numa bola bombeada para a área, Fábio ganhou o ressalto e com a baliza à sua mercê atirou incrivelmente por cima.
Até ao apito final, apesar de a chuva ter dado algumas tréguas, o relvado alagado não permitiu grandes rasgos de génio a ambos os lados, com o Marinhense a controlar a preciosa vantagem.

Texto e foto: José Roque - Diário de Leiria

terça-feira, maio 10, 2016

Iniciados: SL Marinha está de regresso aos distritais

Terminou no passado fim-de-semana o Campeonato Nacional de Iniciados, com as equipas do distrito a terem sortes bem distintas. A UD Leiria foi a primeira equipa a assegurar a manutenção, tendo mesmo apurado-se para a 2.ªFase, onde acabou por ficar em 3ºlugar, atrás de Sporting e Tondela.
Já Caldas SC, AC Marinhense e SL Marinha, que não se apuraram para a fase seguinte, estiveram a disputar a fase de manutenção, com as equipas do Caldas e do AC Marinhense a conseguirem com alguma tranquilidade a manutenção. Pior sorte teve o SL Marinha, que há muito já se adivinhava que dificilmente iria conseguir fugir à despromoção, o que veio a acontecer, regressando assim aos distritais de Leiria.
Assim, para 2016-2017, Leiria vai voltar a ter 4 equipas nos nacionais, pois para além da UD Leiria, Caldas SC, AC Marinhense, terá também a EAS Marinha Grande, equipa que venceu a actual Divisão de Honra.

Iniciados: Biblioteca vence derbie (2-0) e assegura lugar nas meias-finais

Os iniciados da Biblioteca venceram no passado domingo o derbie frente a GD "Os Nazarenos" e a duas jornadas do fim da competição, asseguraram já um lugar nas meias-finais da prova. Com golos de Micael Paiva e Mário Meco, a equipa orientada por Joaquim Paulo venceu por 2-0, somando por vitórias os oito jogos efectuados, tendo agora 24 pontos, mais 6 que o 2ºclassificado, precisamente o GD "Os Nazarenos" e garantindo assim, desde já, a vitória na série C.
Com o lugar nas mais finais assegurado, resta agora esperar aos comandados de Joaquim Paulo, esperar que se definam os seus possíveis adversários, sendo que a Almagreira comanda a Série A, o ID Vieirense a Série B e o Caldas SC C a Série C.

quinta-feira, maio 05, 2016

Mapa Semanal de Castigos

Seniores
1 jogo - Gonçalo Ramos (UDRC Matamourisca), Isac Inácio (GDR Boavista), Félix Pedrosa (Gau/Bajouca), Rúben Plácido (SU Alfeizerense)
2 jogos - João Monteiro (CC Ansião), João Neto (GD Atouguiense)
3 jogos - Fábio Pereira (Gau/Bajouca), Miguel Caroço (SCE Bombarralense), Aladje Fati (ACR Nadadouro)
4 jogos - Mário Ribeiro (Moita do Boi), Gonçalo Figueira (GD Alvaiázere)
Multas - GRAP (20 €)

Juniores
1 jogo - Loic Loureiro (GD Guiense), José Simões (GC Alcobaça), Rafael Ferreira (Beneditense), Bruno Carapinha (AD Portomosense), Vasco Couto (GD Ilha)
2 jogos - Gil Pires (UD Batalha)
3 jogos - João Contins (SC Pombal B)
Suspensões - Paulo Teles (GD Nazarenos / 15 dias)
Multas - Paulo Teles (GD Nazarenos / 10 €), SC Pombal B (15 €)

Juvenis
1 jogo - Diogo Matias e Adriano Vieira (Beneditense)
Suspensões - Noel Delgado (GC Alcobaça / 25 dias), Mário Gomes (CC Ansião / 15 dias)
Multas - Noel Delgado (GC Alcobaça / 20 €), Mário Gomes (CC Ansião / 10 €)
Diversos - João Henriques e Pedro Oliveira (GD Atouguiense / Processo Disciplinar), GD Atouguiense (Processo Disciplinar)

Iniciados
1 jogo - Dinis Leal (AD Portomosense), Diogo Neves (CC Ansião), Diogo Rodrigues (SCE Bombarralense)
2 jogos - Pedro Gonçalves (CC Ansião)
Diversos - AD Figueiró dos Vinhos (Derrota no jogo com SC Pombal B)
Suspensões - Moisés Lourenço (CC Ansião / 15 dias), Ricardo Grunho (CC Ansião / 15 dias), Nuno Silva (AC Carnide / 15 dias)
Multas - AD Figueiró dos Vinhos (65 €), Moisés Lourenço (CC Ansião / 10 €),  Ricardo Grunho (CC Ansião / 10 €), Nuno Silva (AC Carnide / 10 €)

quarta-feira, maio 04, 2016

Iniciados do Ginásio de Alcobaça alcançam permanência na Honra

Os iniciados do Ginásio asseguraram, este domingo, a permanência na Divisão de Honra distrital, ao vencerem por 2-0 na visita ao Guiense, com golos de Francisco Fontela e Leandro Cordeiro.
Com duas jornadas por disputar, os azuis atingiram o objetivo da manutenção, mercê de uma segunda volta de grande nível. No primeiro turno do campeonato, o Ginásio juntou 9 pontos, enquanto na segunda metade da prova já somou 15 pontos, tendo sofrido apenas duas derrotas.
O técnico Nélio Silva, que pegou na equipa à 14.ª jornada, explica a recuperação com a "mensagem de confiança" passada ao grupo. "Quando assumi a equipa, juntamente com o meu adjunto Rafael Mateus, dissemos ao jogadores que se eles quisessem a equipa ia manter-se, com maior ou menor dificuldade e eles trabalharam imenso nesta parte final", salienta o treinador, que iniciou a temporada na equipa B dos azuis e foi o escolhido para suceder a Hélio Aurélio.
Entretanto, o Beneditense também está a um passo de assegurar a permanência. A turma de Lucas Grilo está dois lugares acima da "linha de água", mas tem 4 pontos de avanço sobre a primeira equipa em zona de descida quando faltam realizar duas jornadas.

Joaquim Paulo - Região de Cister

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook