sexta-feira, julho 03, 2020

Hélder Nunes: "Vamos continuar a apostar na formação"

O presidente do Ginásio fez um balanço dos dois anos de mandato e em entrevista ao REGIÃO DE CISTER lançou os dados para uma nova candidatura. Hélder Nunes deverá recandidatar-se ao cargo na Assembleia-Geral, que deve realizar-se em julho.
.
REGIÃO DE CISTER > Vai recandidatar-se ao cargo de presidente?
Hélder Nunes > Estamos a reunir condições para preparar uma nova candidatura. Pretendemos fazer um trabalho de melhoria contínua a nível desportivo, formativo e social, para tornar o clube estruturalmente mais forte para chegar a patamares superiores.
.
RC > Que balanço faz dos dois anos em que lidera o clube?
HN > Foram quase dois anos de muita aprendizagem, muitas trocas de ideias e sobretudo muito consenso entre os elementos que comigo abraçaram este projeto, tais como funcionários do clube e os que não pertenceram aos orgãos sociais do clube, mas cuja participação foi determinante. Também os treinadores e jogadores foram sempre parte das soluções.    
.
RC > O que fica por fazer neste primeiro mandato?
HN > Dar melhores condições aos sócios, conseguir melhorar infraestruturas, redimensionar todo o projeto de clube, melhorar estatutos... Mas também tivemos grandes vitórias como a certificação da FPF, a Bandeira da Ética, o trabalho desenvolvido no âmbito do impacto social, a plataforma informática de gestão desportiva, a vertente formativa para pais, adeptos, jogadores, treinadores e dirigentes.  
.
RC > Duas épocas estáveis da equipa principal na Honra distrital. O Ginásio não ambiciona a subida aos nacionais?
HN > A Direção do Ginásio entende que não é proveitoso subir aos nacionais para voltar a descer no ano seguinte. A manutenção nos nacionais exige outro tipo de estruturas desportivas e financeiras que neste momento o clube não tem. Ambicionamos sempre os nacionais, mas se pudermos vamos ganhar tempo, criando estrutura para podermos permanecer no escalão.
.
RC > Quais os planos para a nova época?
HN > Pretendemos ter os mesmos escalões da época passada, ficando por definir o número de equipas a criar. Já há equipas técnicas e jogadores confirmados que brevemente vão ser apresentados.
.
RC > A aposta do clube vai passar pela formação?
HN > O Ginásio vai continuar a apostar na formação para integrar a equipa sénior. Nesta época a equipa principal teve 13 atletas cuja formação foi feita essencialmente no clube. Teremos sempre que recrutar alguns jogadores fora deste âmbito para conseguirmos ter equipas competitivas e para colmatar lugares específicos na equipa que não poderemos preencher com a formação. Não pela qualidade dos atletas, mas porque alguns deles vão para a universidade ou porque a vida laboral não permite continuar.
.
RC > Quais foram os maiores impactos da Covid-19 no clube?
HN > Não permitiu a realização da 20.ª edição do torneio da fúria, a festa de encerramento da época, a participação nos Santos Populares, o campo de férias, a participação na feira de São Bernardo. Estes são eventos nos quais o clube iria ter receitas para fazer face a dívidas contraídas. Falta ainda saber como vão decorrer as inscrições para a próxima época. O Ginásio iniciou esta época a atribuição de bolsas aos atletas cujas famílias têm dificuldades no pagamento das quotas de inscrição. Estamos a estudar possibilidade de alargamento desta atribuição a mais famílias talvez com parceria de outras entidades.
.
RC > O que falta para o Ginásio recuperar a mística de outros tempos?
HN > Os adultos, tirando honrosas exceções, limitam-se a ir ver os jogos do filho ou do neto e na segunda-feira perguntam qual foi o resultado dos seniores. Há condições que temos de melhorar mas estamos a trabalhar nesse sentido juntos das entidades competentes. Tem de ser mostrar às pessoas que o Ginásio é uma organização que pretende estar envolvida na sociedade nos planos desportivo, formativo, ético e social. Se conseguirmos que grande parte dos jovens passe na formação do clube seguramente teremos mais pessoas ligadas ao clube novamente.

Rafael Raimundo - Região de Cister

Filipe Silva vai treinar Iniciados B do AC Marinhense

Filipe Silva é o novo treinador da equipa de Iniciados B do Atlético Clube Marinhense, naquele que é um regresso ao clube da Marinha Grande.

Nuno Coito vai coordenar formação da AD Portomosense

Nuno Coito, técnico com o Grau II - UEFA B é o novo coordenador da formação da Associação Desportiva Portomosense.
O técnico, que conta com passagens por clubes como o GD Peso, GC Alcobaça e CCR Alqueidão da Serra, vai assim iniciar um novo desafio na sua carreira desportiva, numa época, que em paralelo, assumirá o comando da equipa de Juvenis da AD Portomosense.

Um recorde de longevidade

Depois de cumprir o sonho de ser jogador profissional, “Borrego”, como é conhecido no mundo do futebol, desafiou as probabilidades e aos… 72 anos ainda joga na equipa de veteranos do Ginásio.
 “Enquanto tiver pernas para jogar é certo que vou continuar a dar o meu contributo”, garante José António ao REGIÃO DE CISTER, revelando que neste tempo de pandemia sente a falta dos fins de semana desportivos. “Faz-me falta jogar à bola para me manter ativo”, confessa o capitão de equipa. 
Apesar da idade, o esquerdino nota que não tem medo de disputar cada lance com a intensidade de outros tempos. “Umas vezes aleijo-me, mas também ainda faço tremer alguns adversários”, nota o jogador, natural de Vila Viçosa, que joga agora ao lado de João Alegrias, o filho mais velho. “Ele é central e chegamos a jogar muitas vezes juntos e é engraçado porque muitos adversários ficam surpreendidos quando digo que ele é meu filho devido à diferença de idades”, brinca o lateral.
“Borrego” foi um dos fundadores da Associação de Veteranos do Ginásio Clube de Portugal há 30 anos e ainda hoje “joga os seus 45 minutos com muita qualidade”, confirma Rui Alexandre, presidente dos veteranos alcobacenses.
O lateral esquerdo sublinha que estes jogos entre veteranos são um “escape” na sua reforma, considerando ser um jogador que não tem receio de tentar um lance individual. “Se tiver espaço vou no 1x1 com o adversário”, afirma o ex-jogador do Ginásio, confessando ficar  “um pouco triste quando não ganha”. Mas, “no final o que interessa é o convívio”, graceja.
José António tornou-se profissional de futebol ao serviço da U. Leiria, rumando depois ao Marinhense e ao Rio Maior antes de ingressar no Ginásio, em 1979/1980. “Era profissional e sabia que tinha de arranjar um emprego para compatibilizar com o desporto. Então arranjei um emprego numa empresa e vim jogar para o Ginásio”, recorda, contando que o amor ao clube e à esposa, natural de Alcobaça, fez com que se mudasse em definitivo para a cidade.
Em Alcobaça jogou a primeira época orientado pelo nazareno José Adelino, que viria a sair do comando a meio da época, sendo substituído por Artur Santos. “Na época do Artur Santos era capitão de equipa e era o único jogador do plantel que trabalhava e jogava ao mesmo tempo”. “Treinava logo de manhã e ao fim do dia sozinho e à quinta-feira o patrão dava-me folga para ir fazer o treino conjunto com a equipa”, explica o calipolense, que vive há várias décadas em Alcobaça.
“Houve um jogo no municipal que foi do outro mundo. Era um clássico entre Ginásio e Nazarenos (1-0) e de repente apenas vejo os adeptos de ambos os clubes a invadirem o campo, tal era a rivalidade”, relembra o lateral, que representou o clube na 2.ª Divisão nacional (1979 até 1981) e que orientou os azuis à subida à 2.ª Divisão, na época 1989/1990. O ex-técnico comandou a equipa no segundo escalão, e também na 3.ª Divisão e nos distritais.
Nessas equipas estavam atletas com que joga agora, notando ser “um privilégio” ainda hoje jogar com os meninos que treinou. A avaliar pela dedicação e condição física do alentejano de gema, não é de admirar que continue a cumprir os seus 45 minutos. 
.
“Borrego” não esquece o duelo com Chalana
Durante as duas temporadas em que Borrego jogou em Alcobaça, o Ginásio recebe o Benfica no municipal e o lateral tem a difícil tarefa de marcar Fernando Chalana, um dos jogadores portugueses mais emblemáticos e com um “jogo de cintura” que fazia tremer os adversários.
“Num lance individual o Chalana veio na minha direção com a bola e eu fiz uma entrada mais agressiva para roubar a bola”, relembra. “No exato momento apenas oiço o técnico Artur Santos (ex-Benfica) a gritar comigo para não fazer entradas daquelas sobre os adversários”, conta “Borrego”, revelando que respondeu de imediato.

Rafael Raimundo - Região de Cister

Jorge Reis reconduzido na presidência do Caldas por mais dois anos

Jorge Reis foi reeleito na noite desta quinta-feira para um novo mandato de dois anos como presidente do Caldas Sport Clube.
O acto eleitoral teve como única concorrente a lista A, cuja composição para a direcção tem apenas duas alterações em relação à que termina mandato, mantendo nove elementos.
Já na Mesa da Assembleia-geral e no Conselho Fiscal há mudança na liderança, passam a ser presidentes, respectivamente, Rui Vinhais e Jaime Feijão.
Na assembleia eleitoral, que decorreu no auditório da Expoeste, marcaram presença 52 associados. A direcção foi eleita com 45 votos favoráveis, quatro brancos e três nulos.

Joel Ribeiro - Gazeta das Caldas

João Capão é reforço no GRAP

João Capão é o mais recente reforço da equipa do GRAP. O médio de 31 anos, que nas duas últimas temporadas representou o GDR Boavista, regressa assim a uma casa que bem conhece, onde fez grande parte da sua formação e onde, já no escalão de Seniores, fez parte quer da equipa de futebol, quer da de futsal.
Para além da contratação de João Capão, o GRAP confirmou também a renovação com mais um jogador, Bruno Cepeda.

Plantel do GRAP 2020-2021 (Em actualização constante)
Permanências: Lomba, Lagoa, Cédric Jorge, Luís Bernardino, Vieirinha, Miguel Ferreira, Alexandre Cruz, Pedro Domingues, Dany Marques, Mocheco, Bruno Centeno, Bruno Cepeda.
Aquisições: Diogo Sá (ex-Académica Sub 23), João Agrela (ex-Penalva do Castelo), João Capão (ex-GDR Boavista)
Saídas: André Amores (AC Marinhense), Rui Pedro (???), Cristiano Matos (SCL Marrazes).
Treinador: Marco Aurélio.

Nazaré Sport Clube nasce para fazer a diferença na formação de jovens talentos

Projecto conta com apoio de investidores franceses e pretende apostar na valorização de futebolistas do distrito, embora tendo por base o concelho da Nazaré. Emblema fundado no início do mês, estreia-se na próxima temporada na AF Leiria, com uma equipa
de juniores e uma equipa de sub-23 que vai competir na 1ª Divisão distrital. Clube vai arrelvar campo de Fanhais, onde terá a sede.
.
Fundado no início deste mês, o Nazaré Sport Clube arranca com a prática desportiva na temporada 2020/21, prometendo uma aposta direccionada para a valorização de jovens jogadores oriundos do distrito.
O clube pretende estrear-se em provas oficiais com uma equipa de sub-23, que participará na 1ª Divisão distrital, e uma equipa de juniores, que também inicia a competição no escalão mais baixo da AF Leiria, tendo escolhido Fanhais para instalar a estrutura desportiva.
Aquela localidade da freguesia da Nazaré dispõe de um campo de futebol abandonado, o qual será arrelvado, um polidesportivo, balneários e um bar, sendo que o novo clube aguarda autorização da Câmara Municipal da Nazaré para proceder aos melhoramentos necessários.
Caso a autarquia venha a validar o projecto, o Nazaré Sport Clube antevê ali construir dois sintéticos. Um será destinado ao futebol de 11 e outro ao futebol de 5 e 7, já que o propósito é criar condições para ter todos os escalões de formação em 2021/22.
Apostando num “conceito de formação desportiva de inegável qualidade”, o clube conta com sócios estrangeiros de diversos países, sendo presidido por Joaquim Gonçalves.
Fernando Encarnação, histórico dirigente da U. Leiria, e Carlos Vasco, antigo jogador e treinador do Nazarenos, presidem à Assembleia Geral e Conselho Fiscal, respectivamente.
Mário Costa, antigo coordenador do G. Alcobaça e da Geração Benfica Nazaré (Quinta do Pinheiro), é o responsável pelo planeamento desportivo do novo clube. O treinador garante que o Nazaré Sport Clube “não pretende fazer concorrência com ninguém”, mas, ao invés, afirmar-se como “uma alternativa ao modelo formativo vigente”.
“Pretendemos formar jogadores de qualidade e ajudá-los na transição para o futebol sénior, pelo que a nossa estratégia passa por ter um plantel curto nos sub-23 e utilizar regularmente os juniores no escalão acima”, explica Mário Costa à Gazeta das Caldas.
“Ambicionamos ter equipas atrevidas, que sejam reconhecidas pelos adversários pelo empenho, compromisso e qualidade competitivas”, resume o consultor técnico, justificando a opção de instalar o clube em Fanhais com “as condicionantes do PDM”.
Os dirigentes do clube procuraram terrenos onde fosse possível construir um centro de estágios, mas as limitações de construção levaram a uma mudança de planos. “A zona desportiva de Fanhais está abandonada há anos e tem espaço para ser ampliada, pelo que nos pareceu a melhor solução para darmos início ao projecto”, refere Mário Costa.
O Nazaré Sport Clube tem como cores do emblema e dos equipamentos o amarelo e o vermelho, as cores do município, e pretende “ser capaz de gerar fontes de receita” que tornem o projecto desportivo “sustentável”.
“Não vamos viver de subsídios das autarquias, nem queremos que a formação pague a equipa sénior. Vamos apostar no merchandising para gerar receitas e cada equipa terá o próprio orçamento”, justifica Mário Costa, sublinhando que o novo clube “está aberto a novas modalidades, desde que sejam auto-sustentáveis”.
.
Plantéis
O Nazaré Sport Clube vai iniciar, em breve, a constituição dos plantéis e apresentação das equipas técnicas, sendo que a prioridade passa por dispor de treinadores “jovens, que defendam um estilo de jogo atrevido e que valorize o espetáculo”.

Joaquim Paulo - Gazeta das Caldas

domingo, junho 28, 2020

ACD Caseirinhos e SC Pombal assinam protocolo para a formação

A ACD Caseirinhos e o Sporting Clube de Pombal assinaram no decorrer da semana que passou, um protocolo para o futebol de formação. Com este protocolo, os dois clubes pretendem de uma forma organizada, cooperar no futebol de formação, estabelecendo uma parceria que trará dividendos para os dois clubes.

Ricardo Caça vai treinar Juvenis do GRAP

Ricardo Caçador é o novo treinador da equipa de Juvenis do GRAP. O técnico, de 43 anos, com formação em desporto, e com o nível II / UEFA B, vai assim um novo desafio na sua carreira profissional, depois de largos anos ao serviço da formação da  EAS Marinha Grande e do AC Marinhense.

Marco Cruz é o treinador dos Juvenis do GD Santo Amaro

Marco Cruz vai ser o treinador da equipa de Juvenis do Grupo Desportivo de Santo Amaro para 2020-2021.
O técnico, que conta já com vasta experiência no futebol de formação, segue assim para a terceira época ao serviço do clube da Ortigosa.

AF Leiria aprova apoio financeiro extraordinário aos Clubes filiados de 165.000,00 €

A atual pandemia Covid-19 veio afetar de forma avassaladora o mundo inteiro e o futebol, de uma maneira geral, foi também seriamente afetado. 
Para fazer face às muitas dificuldades que os Clubes atravessam e poderão vir atravessar nos próximos tempos, a Direcção da Associação de Futebol de Leiria, aprovou em reunião de Direção, um apoio financeiro extraordinário de 165.000,00 € (cento e sessenta e cinco mil euros) aos clubes seus filiados para a época 2020/2021 e assim contribuir para a retoma da atividade futebolística.
Este apoio extraordinário terá por base um empréstimo concedido pela FPF no valor de 90.000,00 € a liquidar em 4 anos e o estorno dos prémios de seguros na ordem dos 69.000,00 €.
Para além deste apoio extraordinário a AF Leiria irá manter em vigor o seu Plano de Atividades, que prevê, entre outras iniciativas, o pagamento das arbitragens de todos os jogos de jovens, a atribuição de bolas, a aquisição de viaturas e todos os restantes apoios constantes no mesmo.
Pretende assim a AF Leiria minimizar junto dos seus Clubes filiados o impacto negativo e inesperado que a pandemia COVID-19 veio causar a todos nós.
Para acesso ao conjunto de medidas que abaixo discriminamos os Clubes filiados devem ter a sua situação financeira regularizada com a AF Leiria.
Este programa financeiro extraordinário permitirá o apoio direto nas seguintes rúbricas:
.
Taxa de filiação do Clube – apoio total;
.
Redução dos custos nas:
Taxas de inscrição das equipas;
Taxas de inscrição dos agentes desportivos (não engloba taxas de transferência);
Prémios de seguro dos agentes desportivos inscritos.
.
Mais se informa que, tendo em conta:
O início da próxima época ser a 03.agosto.2020 de acordo com o C.O. nº 447 de 18.06.2020;
As datas previstas pela FPF para o início das competições nacionais;
O procedimento de desconfinamento por parte da DGS e se tudo continuar a decorrer dentro do previsto.
.
O início das competições da AF Leiria não deverão sofrer alterações em relação ao que tem sido habitual nas épocas anteriores e cujas datas, oportunamente, serão divulgadas


Lusitano Chão de Couce garante mais dois reforços

O Lusitano Ginásio de Chão de Couce continua activo no mercado e acaba de garantir mais dois reforços para 2020-2021: Bernardo Ramos e Diogo Neves.
Bernardo Ramos, é um jovem guarda-redes,  que fez toda a sua formação no Condeixa e Penelense, já Diogo Neves, é médio, formado no Condeixa e que na última temporada representou o Ribeirense.
.
Plantel do Lusitano de Chão de Couce 2020-2021 (Em Actualização)
Permanências:João Pedro, Jorge Pedro, Bruno Valente, Diogo Mendes, João Simões, João Roque, Alexandre Rodrigues, Luís Rodrigues,  João Almeida, João Alves, Bruno Oliveira, Daniel Rodrigues, Alexandre Gomes, Bruno Tavares, Pedro Gonçalves, Pedro Ferreira e  Rafael Fradigano
Entradas: Diogo Bataglia (ex-UDRC Matamourisca), Gonçalo Mendes (ex-UDRC Matamourisca), Luís Estudante (GD Alvaiázere), Bernardo Ramos (Inactivo), Diogo Neves (ex-Ribeirense)
Saídas: Bajedas (CC Ansião), Alexandre Rocha (CC Ansião)
Treinador: Tiago Mendes.

Em Ferrel o clube do coração passou a chamar-se... Shakthar Donetsk


Nos últimos dias os habitantes da localidade de Ferrel, no concelho de Peniche, vivem com um sorriso espantado no rosto e tudo por culpa de um filho da terra que sagrou-se campeão nacional da Ucrânia de futebol ao serviço do Shakthar Donetsk no passado sábado. Falamos de Vítor Severino, técnico que nos últimos anos tem coadjuvado Luís Castro no banco de suplentes, e que não esconde o facto de estar a viver um momento “fantástico”.
 “Felizmente já tinha sido campeão nacional de juniores (no FC Porto) por duas vezes, mas este é o primeiro no futebol profissional. É a sensação clara de que o trabalho compensa, de que o esforço e a dedicação nos levam onde queremos. Este título é o culminar de um processo de quatro anos, que começou em Vila do Conde. Espero que seja o primeiro de muitos”, contou Vítor Severino, ao Diário de Leiria.
 Para este ferrelejo de 36 anos o segredo para o clube ucraniano que representa ter conquistado o quarto título nacional consecutivo está relacionado com o facto de a equipa ter “uma ideia de jogo clara”, “convicções” e “lutar muito por elas”. 
 “A partir daí basta sermos coerentes e, como é óbvio, ter à nossa disposição jogadores de qualidade que possam interpretar essas ideias. Foi isso que encontrámos no Shakhtar, um clube enorme, com um plantel de grande qualidade e uma filosofia de vitória e de qualidade de jogo. Acho que este contexto é muito ‘a nossa cara’. Sempre defendemos uma determinada componente estética do jogo, algo que aqui é simplesmente exigido. Estou muito feliz pela conquista e pela forma como o fizemos”, explicou o treinador-adjunto principal do Shakthar Donetsk.
 Vítor Severino começou cedo nas lides futebolísticas, primeiro como jogador e depois como treinador. Depois de vários anos na formação da Académica de Coimbra, onde chegou a ser coordenador, foi convidado para ingressar na formação do FC Porto, onde brilhou ao mais alto nível. Tanto que chamou a atenção a Luís Castro que não mais abdicou do seu braço direito. Foi assim no Rio Ave, no Desp. Chaves e no Vit. Guimarães. Contudo, foi na Ucrânia que a dupla atingiu o estrelato, mas apesar de estar nas bocas do mundo, Vítor Severino não esquece as suas origens.
 “Quero deixar uma palavra de agradecimento por todas as mensagens de reconhecimen­to e de orgulho. Não me esqueço das minhas raízes e da minha terra, afinal foi aí que tudo isto que agora está a acontecer começou. Começou com uns pontapés na bola em Ferrel e depois a jogar futebol em Peniche e na Atouguia da Baleia. Lembro-me bem dos jogos difíceis em Leiria, na Marinha [Grande] ou em Pombal. São tempos felizes, dos quais eu nunca me esqueço. Obrigado a vocês pelo reconhecimento. Aos jovens costumo dizer para trabalhem muito, para estarem no sítio certo, à hora certa, e com as competências certas”, rematou Vítor Severino.
 Quem também não esqueceu o filho da terra foi a Junta de Freguesia de Ferrel que nas redes sociais não deixou de mostrar o seu orgulho. “Vítor Severino, nosso conterrâneo que nos visitou em Dezembro, é hoje [sábado] campeão da Ucrânia no Shakhtar Donetsk. Um orgulho para Ferrel e para o País! Parabéns a toda a sua equipa”, pode ler-se.
.
Luís Castro: amor pelo  futebol nasceu na Vieira
 Mas não se pense que as ligações do Shakthar Donetsk com o distrito de Leiria se ficam por aqui. Também o técnico principal da equipa, Luís Castro, está intimamente ligado à região, já que foi na Vieira de Leiria que passou grande parte da sua juventude, isto porque a mãe era lá professora. Foi precisamente naquela localidade do concelho da Marinha Grande que Luís Castro começou a jogar futebol ao serviço do ID Veiriense e mais tarde representou a UD Leiria no escalão de juvenis, juniores e seniores, entre 1978 e 1981, e posteriormente em 1982/83 e 1984/85 onde chegou a ser capitão de equipa. Pelo meio, representou novamente o ID Vieirense.|

Rafael Rodrigues é reforço no CC Ansião

Rafael Rodrigues é o mais recente reforço da equipa de Paulo Neves. O jogador de 21 anos vem assim reforçar o sector defensivo do Clube Caçadores de Ansião. 
Rafael começou a sua carreira no futebol na formação do Grupo Desportivo e Recreativo de Pousaflores, tendo passado pelo Lusitano Ginásio de Chão de Couce, antes de chegar ao Clube Caçadores de Ansião nos iniciados. A serviço do CCA. conquistou uma subida à divisão de honra da AF Leiria em Juvenis. A restante formação foi feita ao serviço da equipa vizinha do Lusitano Ginásio de Chão de Couce, bem como os seus dois primeiros anos de sénior. Rafael Rodrigues encontrava-se sem clube desde 2019. 
.
CC Ansião 2020-2021 (Em Actualização Constante)
Permanências: Nélson Santos, Joel Martins
Aquisições: Bajedas (ex-Lusitano Chão de Couce), Alexandre Rodrigues (ex-Lusitano Chão de Couce), Rafael Rodrigues (Inactivo)
Saídas: Normando Carvalho, Pesca, Kamara (UD Tocha), Ramon (UD Tocha), Gabriel Lemos (UD Tocha), Diogo Ribeiro (UD Tocha)

Cinco renovações no Motor Clube


Depois de já ser conhecida a renovação de Vítor Duarte para a próxima temporada, o Motor Clube anunciou agora as primeiras renovações para 2020-2021: Paulinho, Tiago Marques, Leonardo Santos, João Pedro e David Vieira.
.
Plantel do Motor Clube para 2020-2021 (Em Actualização)
Permanências: Paulinho, Tiago Marques, Leonardo Santos, João Pedro e David Vieira.
Entradas:
Saídas:
Treinador: Vítor Duarte.

Tomás Gomes é reforço no AC Marinhense

O avançado de 19 anos, Tomás Cardoso Gomes é o mais recente reforço do Atlético Clube Marinhense.
Tomás Gomes, começou a sua formação no GD Guiense, tendo depois passado pela EAS Marinha Grande, seguindo-se o SC Braga e o Gil Vicente, equipa na qual actuou na última temporada, tendo competido no Campeonato Nacional de Juniores.

Manuel Nunes: "A aposta passa pelos jogadores formados localmente"

A temporada 2019/2020 fica marcada pelo cancelamento dos campeonatos distritais devido à Covid-19. Ao REGIÃO DE CISTER, o presidente da Associação de Futebol de Leiria explica o impacto que a pandemia teve nos clubes e na competição, antevendo o regresso à nova normalidade.
.
REGIÃO DE CISTER (RC) > Já há data para o regresso das competições?
Manuel Nunes (MN) > A Associação de Futebol de Leiria está a seguir as normas da Federação Portuguesa de Futebol e só vai avançar para as datas de regresso quando estiverem reunidas todas as condições impostas pela Direção Geral de Saúde.
.
RC > Algumas associações distritais estão a implementar subidas de divisão e alargamento dos campeonatos. É um cenário em cima da mesa na AFL?
MN > Assim como a FPF, a AF Leiria decidiu cancelar os campeonatos e não aplicar regimes de subidas e descidas porque não haveria verdade desportiva. Ainda faltavam cumprir-se algumas jornadas e não seria justo atribuir vencedores ou descidas de divisão precocemente.
.
RC > Mas há clubes, como o Bombarralense, que vão subir à Divisão de Honra Lizsport…
MN > São casos excecionais em que há equipas do distrito que foram convidadas a participar nas competições nacionais. Desta forma, as vagas são ocupadas pelas equipas com o melhor coeficiente de pontos nas divisões inferiores. Uma vez que o GRAP ac
eitou o convite para integrar o Campeonato de Portugal, a vaga terá de ser ocupada por uma equipa da 1.ª distrital. Foi feita uma proposta de reajustamento que não alterou os critérios de desempate e neste sentido o Bombarralense  poderá vir a subir de divisão por ser a equipa com melhor coeficiente de pontos na Desportiva 1.ª Divisão distrital. No futsal a situação é idêntica caso se confirme a inscrição do NS Pombal na 2.ª Divisão nacional.
.
RC > Desta forma, os juniores do Nazarenos também sobem à Divisão de Honra…
MN > Os critérios são claros e face à desistência de uma equipa no escalão principal justifica-se a subida de outra. Se a equipa tem o melhor coeficiente na 1.ª Divisão distrital vamos dar cumprimento ao que está estabelecido nos regulamentos.
.
RC > Que medidas estão a ser estudadas para apoiar os clubes para a próxima temporada?
MN > A AFL recebeu um empréstimo de 90 mil euros da Federação Portuguesa que vão ser aplicados de forma idêntica a todos os clubes do distrito. A estratégia passa por subtrair esse valor no pagamento das inscrições de jogadores na próxima época, reduzindo o custo de inscrições aos clubes. Da mesma forma estamos a preparar uma carta aos municípios para que possam fazer um financiamento extraordinário às entidades desportivas que permita a continuidade da prática desportiva federada.
.
RC > Já houve clubes a desistir das competições federadas?
MN > Oficialmente não. Há sim a preocupação com o futuro financeiro dos clubes, dado que a grande maioria deles é financiado pelos patrocinadores. As empresas dos ramos da construção civil, da restauração, entre outros, foram fortemente afetadas por esta pandemia e por isso muitos clubes questionam a possibilidade de continuarem a formar jovens jogadores e a potenciar outros. Não se avizinham tempos fáceis.
.
RC > O impacto da pandemia vai acelerar a aposta dos clubes nos jogadores formados localmente…
MN > Tenho essa convicção. Com as dificuldades financeiras que se já se fazem sentir, os clubes vão ficar obrigados a recrutar dentro de portas e a potenciar os seus jovens para mais tarde também serem opções nas equipas seniores. A aposta passa pelos jogadores formados localmente e acredito que no futuro muitas equipas vão beneficiar com isso. Talvez haja até muito bons jogadores ou jogadoras a jogarem menos minutos porque há muita escolha.
.
RC > Como antevê o regresso aos treinos e à competição?
MN > Neste momento já há clubes a fazer treinos ao ar livre cumprindo as normas de segurança, embora seja uma fase muito primordial do regresso. Os exercícios são individuais e para manter a forma física dos atletas. Os espaços desportivos certamente vão sofrer alterações, nomeadamente no horário de treinos, e no caso do futsal é necessário ter em conta as outras modalidades que também utilizam as mesmas infraestruturas. Numa fase inicial recomendar-se-á aos atletas que não utilizem os balneários e que haja um maior controlo da limpeza e higienização dos espaços entre cada sessão de treino.
.
RC > Ainda existe a possibilidade de cumprir a época de futebol de praia?
MN > É uma possibilidade, mas teremos que aguardar indicações da Direção Geral de Saúde, do Governo e da FPF. A compatibilidade com os campeonatos de futebol também é um tema que estamos a analisar.
.
RC > Os concelhos de Alcobaça e da Nazaré já têm três equipas certificadas com a Bandeira da Ética (Ginásio, Alfeizerense e Sótão). É um selo de qualidade…
MN > Naturalmente, é uma certificação em que cada vez mais clubes estão a apostar. Um clube que garante a certificação cumprindo uma série de requisitos está mais apto a receber jovens talentos e tem uma vantagem relativamente aos outros clubes que não têm. Um encarregado de educação que esteja recetivo entre dois clubes tem neste certificado mais um importante critério de escolha. A Associação de Futebol de Leiria tem mais de meia centena de clubes certificados, o que nos motiva mas também obriga a querer que mais clubes reúnam todas as condições para obter a Bandeira da Ética. Na temporada 2019/2020 houve mais 200 clubes certificados, o que demonstra a importância deste projeto junto dos agentes desportivos e dos clubes.
.
RC > Vê nesta região de Cister (Alcobaça, Nazaré e Porto de Mós) uma das referências da AF Leiria?
MN > Pelo histórico nas competições da AF Leiria é notório. Apesar de Leiria, Caldas da Rainha e Pombal terem uma forte presença nas competições distritais, não é demais recordar estes três concelhos. O Ginásio com uma história muito rica, por exemplo, e  também por algumas das maiores rivalidades do distrito acontecerem entre alcobacense e nazarenos. O contributo destes três concelhos na dinamização do futebol distrital tem sido muito relevante e no futebol de praia não podemos esquecer a aposta do município da Nazaré. A vila é um dos pontos privilegiados da modalidade e prova disso é ser  uma das referências para a organização de provas europeias.

Rafael Raimundo - Região de Cister

quinta-feira, junho 25, 2020

Cristiano Matos é reforço no SCL Marrazes

Cristiano Matos, médio de 26 anos, está de regresso ao Sport Clube Leiria e Marrazes, clube onde fez toda a sua formação e onde se estreou como sénior.
Após o SCL Marrazes, Cristiano Matos passou pelo SC Pombal, duas temporadas e nas últimas cinco temporadas representou o GRAP, onde chegou a ser treinado por Carlos Ribeiro, técnico que reencontra agora no seu regresso aos SCL Marrazes.

Plantel SCL Marrazes 2020-2021 (Em Actualização)
Permanências:Tiago Gordalina e Marcelo Sousa (guarda-redes); Tiaguinho, Diogo José, Diogo Carvalho e Rúben Fernandes (defesas); Tiago Clemente, Diogo Gomes e Bruno Morais (médios); e Simão Couteiro, Renato Campos, Francisco Reis e Nuno Joaquim (avançados).
Entradas: Simão Silva (ex-GDR Boavista), Luís Silva (ex-Académica SF), André Oliveira (ex-GD Guiense), Cristiano Matos (ex-GRAP) e Bernardo Silva (ex-júnior)
Saídas:
Treinador: Carlos Ribeiro. 

terça-feira, junho 23, 2020

Ivan Sousa é reforço no AC Marinhense B

Ivan Duarte Sousa, defesa de 18 anos, é o mais recente reforço do Atlético Clube Marinhense B. Formado na União Desportiva de Leiria, onde actuou em todos os escalões, o jovem lateral esquerdo é assim mais um reforço à disposição de Vítor Duarte para 2020-2021.

Plantel do AC Marinhense B para 2020-2021 (Em Actualização)
Permanências: Zé Miguel, Dédé, Gabriel e Tiago Costa
Entradas: Ivan Duarte (ex-UD Leiria), Bryan Pereira (ex-Junior), Rodrigo Confraria (ex-Junior)
Saídas: Marcos Santos (Caldas SC)
Treinador: Vítor Duarte.

Oito renovações e um reforço no GD "Os Vidreiros"

Depois de uma temporada algo irregular, o Grupo Desportivo "Os Vidreiros" está já a trabalhar na planificação da próxima temporada. Depois de conhecida a continuidade de Antero Pinho como treinador do clube, o clube de Picassinos informa agora que já renovou com oito atletas: Évora, Arlindo, Félix Carvalho, Gonçalo Dias, Gustavo, Tiago Amado, Diogo Gaspar e Jorge Carneiro. 
Para além destas renovações, o clube confirmou também o seu primeiro reforço, trata-se do jovem Rodrigo Brazão, médio que na última temporada actuou ao serviço do Motor Clube de Monte Redondo e da AR Meirinhas e que na formação conta com passagens por GC Alcobaça, SL Marinha e AC Marinhense.

Plantel do GD "Os Vidreiros" para 2020-2021 (Em Actualização)
Permanências:  Évora, Arlindo, Félix Carvalho, Gonçalo Dias, Gustavo, Tiago Amado, Diogo Gaspar e Jorge Carneiro.  
Entradas: Rodrigo Brazão (ex-Motor Clube)
Saídas:
Treinador: Antero Pinho.

João Mendes: "O Marinhense vai ter que aprender a viver com o que tem"

Numa entrevista concedida ao Jornal de Leiria, João Mendes, director-geral do Atlético Clube Marinhense, mostra-se preocupado com as repercussões da pandemia e afirma que "O Marinhense tem que aprender a viver com o que tem".
João Mendes, nota que os patrocínios caíram para um terço e que a constituição de uma SAD deixou de ser prioridade. Na mesma entrevista, João Mendes esclarece que os orçamentos das "equipas sénior e Sub-23 vão decrescer muito" e que só diminuindo o orçamento será possível garantir que o mesmo se cumpra.

Diogo Sá e João Agrela são reforços no GRAP

Depois de já ter confirmado onze renovações para a próxima temporada, o GRAP confirma agora as duas primeiras aquisições para aquela que vai ser a sua época de estreia nos campeonatos nacionais: Diogo Sá e João Agrela.
Diogo Sá é guarda-redes e na última temporada jogou nos sub 23 da Académica de Coimbra. Já João Agrela, é avançado e na última temporada jogou no Penalva do Castelo.

Plantel do GRAP 2020-2021 (Em actualização constante)
Permanências: Lomba, Lagoa, Cédric Jorge, Luís Bernardino, Vieirinha, Miguel Ferreira, Alexandre Cruz, Pedro Domingues, Dany Marques, Mocheco, Bruno Centeno
Aquisições: Diogo Sá (ex-Académica Sub 23), João Agrela (ex-Penalva do Castelo)
Saídas: André Amores (AC Marinhense)
Treinador: Marco Aurélio

Paulo Santos vai continuar no comando do GD Santo Amaro

Depois de uma temporada algo decepcionante, o Grupo Desportivo de Santo Amaro está já a preparar a próxima temporada, sendo já conhecido que Paulo Santos irá continuar no comando de clube, naquela que será a terceira época consecutiva do treinador no clube da Ortigosa.
Para além de treinador da equipa principal, Paulo Santos acumulará também o cargo de coordenador do futebol de 11.

Plantel do GD Santo Amaro 2020-2021 (Em Actualização)
Permanências:
Entradas: Nelo (ex-GDRC Unidos)
Saídas:
Treinador: Paulo Santos.

Gonçalo Mendes e Diogo Bataglia reforçam Lusitano Chão de Couce

O Lusitano de Chão de Couce continua a reforçar-se tendo em vista a luta pelos primeiros lugares na próxima temporada e acaba de chegar a acordo com mais dois experientes jogadores: Gonçalo Mendes e Diogo Bataglia.
Gonçalo Mendes conta com passagens por vários clubes da região como AR Meirinhas, GD Guiense, Vinha da Rainha e GAU/Bajouca. Já Diogo Bataglia, conta com passagens por GD Praia da Vieira, ID Vieirense, SDR Pilado, CDR Outeirense e Mata Mourisca.
Na época passada, ambos os reforços foram foram figuras de destaque na UDRC Matamourisca, o que chamou à atenção do Lusitano Chão de Couce, que com estas aquisições pretende assim dar mais soluções ao treinador Tiago Mendes, numa época em quem com ambição clara, a luta pelos primeiros lugares.

segunda-feira, junho 22, 2020

Confira os eleitos do Diário de Leiria para o melhor onze do ano

Numa época verdadeiramente atípica devido à pandemia da covid-19 que obrigou inclusivamente ao cancelamento de todas as competições de futebol a nível distrital, a eleição do melhor onze da Divisão de Honra não só é ingrata como também injusta para todos os protagonistas e agentes desportivos, já que foram privados dos últimos meses de prova. Ainda assim, o Diário de Leiria decidiu manter a tradição e, pelo oitavo ano consecutivo, destaca os jogadores que mais se notabilizaram e brilharam na época 2019/2020. 
O melhor onze eleito pelo Diário de Leiria conta com um lote de jogadores muito heterogéneo, estando nove clubes representados na selecção final, e só mesmos os dois primeiros classificados da tabela na altura na interrupção é que conseguiram eleger dois jogadores. Isto mostra a competitividade e o equilíbrio de forças na Divisão de Honra, ao mesmo tempo que prova que a qualidade individual dos atletas esteve espalhada por vários campos.
Mais uma vez, a eleição do melhor onze do Diário de Leiria contou com o contributo e votação da maioria dos treinadores da Divisão de Honra e dos colaboradores de Desporto do Diário de Leiria. Confira então o melhor onze, mais o banco de suplentes e o melhor treinador (no topo da página).
.
Ruben Lopes (ID Vieirense) 
Se o Vieirense estava a realizar uma época tranquila a meio da tabela, muito o deve agradecer ao guarda-redes Ruben Lopes que voltou a mostrar mais uma vez ter qualidade acima da média. Com 24 anos, Ruben Lopes já apresenta uma maturidade e uma personalidade assinaláveis entre os postes, transmitindo segurança e tranquilidade aos seus colegas da defesa. Com grande parte da formação feita no Marinhense, Ruben Lopes começa também ele a justificar outros voos.
.
Daniel Gregório (GDR Boavista) 
Depois de uma primeira época ao serviço do GDR Boavista a um bom nível, Daniel Gregório surgiu na época 2019/2020 com a confiança redobrada, sendo dono e senhor do lado direito da defesa. Apresentando sempre uma velocidade em alta rotação, Daniel Gregório não só se mostrou muito competente a nível defensivo, como chegou a ser determinante em diversas ocasiões nas movimentações ofensivas da equipa. É aquilo que se pode chamar de um ala moderno, que joga, faz jogar e é extremamente competente em todas as fases do jogo.
.
Wellington (GC Alcobaça)
Vindo directamente do seu país natal (Brasil), Wellington Silva foi uma das boas surpresas do campeonato e não demorou muito tempo para mostrar toda a sua qualidade. Com 27 anos, o defesa central mostrou ser muito forte na marcação e bom no posicionamento, aliando a uma velocidade assinalável. Além disso, foi determinante para a sua equipa já que mostrou sempre muito competência no jogo aéreo tanto a nível defensivo como ofensivo. Por tudo isto, não é de estranhar que esteja a ser cobiçado por vários clubes com objectivos mais ambiciosos.
.
Gonçalo Fidalgo (SC Pombal) 
O defesa central do SC Pombal entrou no melhor onze com todo o mérito já que para além da época muito consistente que assinou, foi o jogador mais utilizado naquela que era a defesa menos batido do campeonato até à interrupção. Aos 25 anos e depois de regressar a uma ‘casa’ que tão bem conhece, Fidalgo mostrou ser um jogador de confiança para qualquer treinador pela sua postura e competência dentro das quatro linhas. 
.
Vieirinha (GRAP) 
Foi uma das boas surpresas do campeonato, especialmente a actuar no lado esquerdo da defesa. No início da época parecia que Vieirinha seria uma opção de recurso para esse lugar tendo em conta que é como extremo que se sente como peixe na água, mas rapidamente provou que o lugar seria seu por mérito próprio, rubricando exibições muito positivas jogo após jogo, principalmente pela sua apetência para ajudar os colegas de ataque com assistências para golo. Aos 23 anos, Vieirinha voltou a mostrar que está a crescer e só resta saber até onde é que isso o poderá levar. 
.
Alex Diliberto (AC Marinhense B)
O que dizer de um jogador que na sua primeira época de sénior já se estreou no Campeonato de Portugal? O médio francês proveniente da Académica de Coimbra, desde cedo começou a espalhar magia pelo Marinhense B e também cedo se percebeu que teria ‘pedalada’ para outros andamentos. Ainda assim, foi determinante para a boa campanha dos vidreiros na Divisão de Honra, mostrando sempre uma inteligência acima da média, aliado a uma leitura de jogo só ao alcance de alguns. Com o futuro pela frente, é importante ficar de olho neste talento puro.
.
Luís Pinto (GD Peniche)
É daqueles jogadores que não sabe jogar mal e, por isso mesmo, é um ‘habitué’ nestas eleições dos melhores do ano. Com apenas 26 anos, é ele o verdadeiro líder da equipa, respeitado por todos no balneário pelo seu carácter, mas sobretudo por tudo aquilo que faz dentro de campo, onde mostra sempre personalidade, bom posicionamento e leitura de jogo, para além de ter um pulmão incansável. Esta época Luís Pinto mostrou ser um dos jogadores mais fiáveis do distrito, emprestando toda a sua experiência e competência em prol da equipa. 
.
Miguel Velosa (AD Portomosense)
Foi chegar, ver e vencer. Miguel Velosa chegou a Porto de Mós rotulado de craque pelos largos anos que passou na formação do Sporting. Apostado em relançar a carreira, fez uma época de estreia como sénior ao mais alto nível. Fruto da tenra idade, foi algo inconsistente nas suas exibições, mas muitas das vezes mostrou-se um autêntico diabo à solta nos relvados, fazendo da sua técnica individual, velocidade e irreverência as suas principais armas. Por isso mesmo, não foi de estranhar que o AC Marinhense, do Campeonato de Portugal, o tivesse ido ‘pescar’. 
.
Dany Marques (GRAP) 
Mais uma vez Dany Marques voltou a mostrar que é um valor seguro para qualquer equipa da Divisão de Honra, clamando até uma oportunidade em patamares mais elevados já que a qualidade e o potencial está todo lá. Aos 29 anos, voltou a ser determinante para a boa campanha do GRAP no campeonato já que foi um dos melhores goleadores da prova. Contudo, Dany Marques não se limitou a mostrar faro pelo golo, já que muitas vezes foi ele quem pegou na batuta da equipa, emprestando requinte e eloquência ao futebol ofensivo da turma dos Pousos.
.
Marcos Santos (AC Marinhense B) 
É daqueles jogadores que não engana. Já desde tenra idade que tinha vindo a provar que tinha um potencial gigantesco e depois de várias épocas muito regulares, este ano Marcos Santos ‘explodiu’ de vez, sendo um dos principais pilares para a boa época do Marinhense B. Boa técnica individual, velocidade, irreverência e capacidade de liderança transformaram Marcos Santos num avançado completo e, fruto disso mesmo, teve uma época recheada de golos que levaram a sua equipa ao topo. Por tudo isto, não foi de estranhar que o Caldas SC o tivesse resgatado.
.
Ruben Araújo (CCR Alqueidão da Serra) 
Desconhecido por muitos, Ruben Araújo fez uma época notável a todos os níveis. Depois de vários anos a destacar-se na formação do Caldas e do NS Rio Maior, o avançado ‘explodiu’ em Alqueidão da Serra, onde se transformou num artilheiro temido por qualquer defesa. O seu futebol perspicaz e acutilante fez dele um avançado com um faro incrível pelo golo, tendo sido a principal revelação da época, ajudando a sua equipa a colocar-se durante muito tempo no pelotão da frente na luta pelo título. Com apenas 21 anos, trata-se de um avançado que merece ser seguido com muita atenção. 
.
Melhor treinador: Vítor Duarte (AC Marinhense B)
Depois de ser levado o Marinhense B à subida de divisão, Vítor Duarte voltou este ano a pegar numa equipa recheada de jovens para surpreender tudo e todos ao levá-la ao topo da classificação. Um treinador com selo de qualidade.
.
BANCO DE SUPLENTES: 
 David Santos (Marinhense B)
 Zé Ricardo (Marinhense B)
 Luís Gonçalves (GD Peniche)
 Rica (AD Portomosense)
 Elton Lopes (Marinhense B)
 Pedro Domingues (GRAP)
 Vasco Gonçalves (CCR Alqueidão da Serra)

GRAP e Xarlie estabelecem parceria para os próximos três anos


A Companhia de Cervejas de Leiria  estabeleceu uma parceria com o GRAP para os próximos três anos. Em termos concretos, a cerveja Xarlie, produto da empresa leiriense, será a marca patrocinadora das camisolas do emblema dos Pousos.
Além disso, o logotipo Xarlie estará presente em todos os equipamentos e fatos de treino de todos os escalões, incluindo a equipa sénior que vai participar no Campeonato de Portugal.
A apresentação oficial da parceria será realizada brevemente.

quarta-feira, junho 17, 2020

André Amores reforça AC Marinhense

André Filipe Correia Amores, defesa central de 20 anos, ex-GRAP, é a mais recente contratação do Atlético Clube Marinhense. O jovem jogador, que iniciou a sua formação no CF Esperança de Lagos, tendo depois passado pelo Portimonense e feito o escalão de Juniores na União Desportiva de Leiria. Enquanto sénior, André Amores conta com passagens pelo GDR Boavista e GRAP.

terça-feira, junho 16, 2020

Oliveirense quer segurar Diogo Clemente, mas Académica e Arouca estão à espreita

Diogo Clemente, médio da Oliveirense, e que se destacou no Caldas Sport Clube, tem convite para renovar com a equipa orientada por Pedro Miguel, mas o polivalente jogador é também pretendido por outros clubes da II Liga, entre os quais Académica e Arouca.
O vínculo à Oliveirense termina no final deste mês de junho e o defesa/médio já está livre para decidir o seu futuro. Com três propostas na mão, o jogador de 24 anos deve decidir onde jogará na nova temporada nos próximos dias.

Fonte: O Jogo

Mais sete renovações no GRAP

Depois de já serem conhecidas as renovações de Lomba, Lagoa e Cedric Jorge, o GRAP apresentou agora mais sete renovações, numa clara aposta na continuidade do "núcleo duro" da sua equipa. A saber:  Luís Bernardino, Vieirinha, Miguel Ferreira, Alexandre Cruz, Pedro Domingues, Dany Marques e Mocheco.

Plantel do GRAP 2020-2021 (Em actualização constante)
Permanências: Lomba, Lagoa, Cédric Jorge, Luís Bernardino, Vieirinha, Miguel Ferreira, Alexandre Cruz, Pedro Domingues, Dany Marques, Mocheco.
Aquisições:
Saídas:
Treinador: Marco Aurélio.

Isabel Osório é a nova treinadora do GDC A-dos-Francos

Depois de uma temporada algo irregular na 1ªDivisão Nacional de Futebol Feminino, o GDC A dos Francos está já a preparar a próxima temporada, sendo que Isabel Osório será a treinadora do clube em 2020-2021.
Para além da treinadora, o clube de A-dos-Francos já deu também a conhecer as renovações de Ariana Morouço, Patrycia Alvese e as contratações de Catarina Lopes e de Margarida Tomaz.

Plantel do GDC A dos Francos 2020-2021 (Em actualização constante)
Permanências: Ariana Morouço, Patrycia Alvese
Entradas: Catarina Lopes, Margarida Tomaz
Saídas:
Treinadora: Isabel Osório.

quarta-feira, junho 10, 2020

Iniciados C do Caldas Sport Clube 2019-2020


Seniores da UR Mirense 2019-2020



Plantel da União Recreativa Mirense 2019-2020
Guarda-redes: Ivo Cristo (ex-Almeirim) e Nuno Caetano
Defesas: Gonçalo Crespo, Gonçalo Alves, Kévin Miranda, Diogo Caetano, Tomás Guerreiro (ex-jun. Fátima), Edu Ferreira, Diogo Fonseca
Médios: Mário Susano, Fojo, Rodrigo Damasceno, Rafael Matias, Fernando Pedreiro (ex-Alcanenense), Edgar (ex-Torres Novas), João Matias, Igor Marcon
Avançados; Testas, Rafa (ex-Torres Novas), Leandro Daniel, Pedro Pereira (ex-jun. Vasco da Gama), Victor Popescu
Treinador: César Carvalho
Treinador-adjunto: Pedro Martins
Treinador de guarda-redes: Fábio Oliveira
----

Seniores do Grupo Desportivo da Ilha 2019-2020


Plantel Grupo Desportivo da Ilha 2019-2020
Guarda-Redes: Bruno Santos e Telmo Gaspar 
Defesas: Dima, Francisco Santos, João Gonçalves, Alexandre Teixeira, Diogo Pedrosa, Francisco Silva Santos, Alexandre Carvalho, David Olaio, Rúben Sousa, Jimmy Santos e João Ferreira
Médios: Vasco Couto, Guilherme Mendes, André Fernandes, Eduardo Francisco, Fábio Esperança e Delmar Alberto
Avançados: Francisco Loureiro, Diogo Fernandes (Skender), João Alves (Jota), Joni Alberto, David Fernandes, Diogo Anselmo, Diogo Francisco, Rúben Soares e Rodrigo Graça. 

Seniores do GC Alcobaça 2019-2020

Ginásio Clube de Alcobaça
--
Plantel 2019-2020
Guarda Redes: Bruno Estrelinha
Defesas: João Túlio, 
Médios: Bertolino (ex-ACR Maceirinha), Bruno Daniel, 
Avançados: Pedro Pimenta
Treinador: Leandro Santos
Adjunto:
Directores:
----

Apresentação dos Seniores do Beneditense 2019-2020


Plantel 2019-2020
Guarda Redes:
Defesas:
Médios:
Avançados:
Treinador: Dário Catarino.
Adjuntos:
---

Seniores do CCR Alqueidão da Serra 2019-2020

Plantel CCR Alqueidão da Serra 2019-2020
Guarda-redes: André Tavares e Miguel Santos
Defesas: Tiago Cerejo, Luís Correia, Sérgio Neves, David Marques, Fábio Lúzio (ex-Ouriense), João Francisco (ex-jun. Marinhense), Guilherme Graça (ex-Ouriense)
Médios: Conca (ex-Marrazes), Leandro Gaspar, Rudy, João Matos, Chiquinho (ex-Marrazes)
Avançados: Dady, Nuno Colaço, Vasco Gonçalves, Rúben Araújo (ex-Caldas), André Simões (Fitas), José Correia, Ciro Costa
Treinador: Filipe Faria 
Treinador-adjunto: Nuno Coito 
Treinador de guarda-redes: Fábio Giroto 
Preparador Físico: Carlos Pereira 
Diretor: José Marto

terça-feira, junho 09, 2020

Beneditense apresenta treinadores da formação

O Beneditense já a presentou os seus treinadores da formação para 2020-2021. Veja a lista:
.
Juniores: José Ferrão
Juvenis: Catarina Lopes
Iniciados: Luís Domingos
Sub 13: Filipe Figueiredo
Sub 12: Rui Castelhano
Sub 11: João Neves

GRAP apresenta primeiras renovações

Numa época que vai marcar a estreia do clube em provas nacionais, a nível de Seniores, o GRAP está já afincadamente a preparar a próxima temporada, sendo que são já conhecidas as três primeiras renovações, que são nada mais nada menos, que os capitães de equipa para 2020-2021.
Assim, o clube dos Pousos, informou já, que Luís Lagoa, Cédric Jorge e Lomba já renovaram com o clube e serão os capitães de equipa naquela que será uma época histórica para o clube.

Plantel do GRAP 2020-2021 (Em actualização constante)
Permanências: Lomba, Lagoa, Cédric
Aquisições:
Saídas:
Treinador: Marco Aurélio

“Temos um projecto para colocar a UD Leiria no lugar que merece”

Ex-dirigente do Vitória de Guimarães é o rosto de um grupo de investidores que está disposto a apostar na UD Leiria, através de um projecto que considera “ambicioso”
.
A UD Leiria SAD está a poucos dias de conhecer novos donos e o projecto que está em cima da mesa é bastante ambicioso. Quem o garante é Armando Marques, ex-dirigente e administrador do Vitória SC (Guimarães), que será agora o rosto dos investidores que estão dispostos a colocar a UD Leiria de novo na ribalta.
 “Temos um projecto para colocar a UD Leiria no lugar que merece. Um projecto ambicioso e de crescimento”, explicou Armando Marques ao Diário de Leiria, adiantando, contudo, que apesar de as negociações estarem a decorrer a bom ritmo, o ‘casamento’ ainda não está consumado: “Há algumas coisas que ainda têm que ser feitas por parte da UD Leiria SAD”.
 Apesar de não se ter alongado em relação ao que está a atrasar o negócio, o Diário de Leiria sabe que a entrada dos novos investidores na SAD unionista está dependente da percepção real das contas de tesouraria da SAD já que Armando Marques não quer ser surpreendido com eventuais ‘buracos’ financeiros. Nesse sentido, os investidores querem estar munidos de toda a documentação financeira e de contabilidade para poder consumar o negócio de compra dos 60% da SAD detidos pela DS Investment LLP, empresa do grupo russo D-Sports, representada por Alexander Tolstikov. Os restantes 40% são detidos pelo clube.
 “Desde Janeiro que demonstrei interesse em fazer um projecto no Campeonato de Portugal e a UD Leiria é o clube ideal para o fazer. Esperemos que haja fumo branco brevemente, e tenho esperança que o projecto vá em frente”, vincou o gestor.
 Armando Marques recorda ainda que a “UD Leiria tem um potencial enorme”, mas tem que ter “um projecto credível” para voltar a ser o emblema a que habituou os leirienses e os portugueses. 
 Para isso acontecer, o empresário alerta que é preciso haver uma verdadeira união. “Só entramos no projecto se o clube e a SAD forem o mesmo, ou seja, se ambos falarem a mes­ma voz. O projecto engloba a cidade, a região e o clube”, explicou Armando Marques, acrescentando já ter reunido com a autarquia leiriense e com o presidente da UD Leiria, Nuno Cardoso, tendo recebido “apoio” de ambas as partes.
 “Quem olha de fora vê que a UD Leiria tem andado sempre a duas velocidades, em que a SAD e o clube andam de costas voltadas. O clube tem noção que há um problema e quer fazer parte da solução”, frisou.
 Por isso mesmo, Armando Marques assegura que apesar de ter em mãos um projecto ambicioso, “ter sucesso é uma coisa que custa muito”, pelo que é “preciso unir a UD Leiria”.
 Se o negócio ficar concluído, o que já se deverá saber na próxima semana, o empresário garante que os investidores que irá representar estão dispostos a apostar forte na formação e em infra-estruturas desportivas.

CD Garcia avança com Seniores em 2020-202

Numa parceria entre o Clube Desportivo da Garcia e a Associação Stars of Football, o clube da Marinha Grande vai voltar a competir no escalão sénior, já na próxima temporada.
Na informação enviada à comunicação social, a Associação informa da assinatura " de uma parceria com o Clube Desportivo da Garcia que irá criar uma equipa focada nos escalões seniores onde a metodologia desenvolvida no programa será aplicada a atletas dos 18 aos 23 anos. Este projeto constitui um primeiro passo na criação de um novo modelo de formação desportiva adaptável a outras modalidades, que irá eliminar o risco de precaridade social de quem aposta no sonho do desporto".

Iniciados do Vieirense apontam para a subida de divisão e já têm reforços de peso

O ID Vieirense apresentou recentemente os treinadores que irão assumir a equipa de iniciados que vai disputar a Divisão de Honra Distrital.  Segundo apurou o FDL, o objectivo do clube é fazer subir a equipa de iniciados aos campeonatos nacionais e para o efeito já garantiu a renovação de 14 jogadores, tendo contratado os seguintes atletas: Martim Gonçalves (ex-UD Leiria), Rodrigo Oliveira (ex-UD Leiria), Vadym Skafary (ex-UD Leiria), Simão Heleno (ex-AC Marinhense), Lukany Keny (ex-AC Marinhense), Rodrigo Alfaite (ex-AC Marinhense) e Rúben Pereira (ex-AC Marinhense). 
Brevemente poderão chegar mais dois reforços, numa época em que o ID Vieirense prevê ter nas suas fileiras na formação um crescimento acima dos 30 atletas.

ID Vieirense apresenta treinadores da formação

O Industrial Desportivo Vieirense já apresentou os seus treinadores da formação para 2020-2021, sendo que Luís Ribeiro será o coordenador da mesma. A saber:
.
Júniores - Rogério Reis
Juvenis - Luís Nobre
Juvenis B - Pedro Santos
Iniciados - André Pereira / Mário Biscaia
Iniciados B - Pedro Ferreira

Marcelo Marquês e Marcos Santos são reforços no Caldas SC

Depois de André Perre (ex-AC Marinhense) e Leandro Borges, o Caldas Sport Clube garantiu mais dois reforços para a próxima temporada. Tratam-se de Marcelo Marquês, avançado que este temporada brilhou ao serviço do Beneditense e Marcos Santos, também avançado e um dos jogadores que mais se destacou ao serviço do AC Marinhense B, na Divisão de Honra da AF Leiria.
Para além destas contratações o Caldas SC informou também das seguintes renovações: Rui Oliveira, Yordi Marcelo, Flávio Passos, Rafael Roque, André Santos, Marcelo Santos, João Rodrigues, Ricardo Isabelinha, João Passuco, Pedro Gaio, Vítor Rodrigues, André Simões, Nuno Januário, Paulo Inácio, Thomas Militão, Luís Paulo, Ivo Nabais e Juvenal Oliveira.

Plantel Caldas SC 2020-2021 (Em Constante Actualização)
Permanências: Guarda Redes: Rui Oliveira e Luís Paulo. Defesas:  Juvenal Oliveira, Pedro Gaio, Thomas Militão, Yordi Marcelo, Flávio Passos. Médios: Rafael Roque, Nuno Januário, Paulo Inácio, André Santos, Marcelo Santos, João Passuco, Vítor Rodrigues, André Simões. Avançados:  João Rodrigues, Ricardo Isabelinha, Ivo Nabais
Entradas: André Perre (ex-AC Marinhense), Leandro Borges 
Saídas: 
Treinador: José Vala.

segunda-feira, junho 01, 2020

Rúben Araújo: " Em Alqueidão da Serra encontrei um grupo fantástico"

Depois de em 2019-2020 se ter mostrado como uma das grandes revelações da Divisão de Honra, Rúben Araújo não vai continuar no CCR Alqueidão da Serra na próxima temporada.
O jovem avançado de 21 anos, que fez a sua formação no NS Rio Maior e no Caldas SC, vai assumir um novo desafio e em 2020-2021 vai representar o Damaiense da AF Lisboa.
Em conversa com o nosso site, Rúben Araújo fez um balanço bastante positivo da época anterior " Posso dizer que foi uma grande época a nível individual e colectivo, pena ter acabado desta forma que todos sabemos pelos piores motivos. Ainda assim até então foi um prazer jogar no Alqueidão da Serra onde encontrei um grupo fantástico".
Quanto ao futuro, o jovem avançado confirma o Damaiense e revela ambição: "Nesta altura de dificuldades tive uma proposta muito boa que me permite focar apenas no meu objectivo, e não podia recusar. Espero fazer uma grande época com muitos golos e chegar a patamares mais elevados do futebol nacional".

UD Batalha apresenta treinadores da formação

A União Desportiva da Batalha está já a preparar a próxima temporada e são já conhecidos todos os treinadores do Futebol de Formação para 2020-2021. Lista completa:
.
Juniores
- Treinador: António Antunes.
- Adjunto: Daniel Pereira.

Juvenis
- Treinador: Nélson Baptista.
- Adjunto: Leandro Sousa.

Juvenis B
- Treinador: Gonçalo Filipe.
- Adjunto: Miguel Conceição.

Iniciados
- Treinador: Renato Sereno.
- Adjunto: Luís Rasteiro.

Iniciados B
- Treinador: Alain Gauch.
- Adjunto: Rafael Silva.

Marco Azenha é reforço no CCR Alqueidão da Serr

Depois de já ter confirmado as renovações de Guilherme, Pauleta, Fred Martins, Hugo Meca, Kiko, João Matos, Tiago Cerejo, Miguel Santos, Eduardo Valente, Chiquinho, André Tavares, Vasco Gonçalves e Nuno Colaço, e as contratações de Pedro Boal (ex-UD Leiria), Tiago Claro (ex-AC Marinhense B) e Tomás Tavares (ex-SC Pombal), o CCR Alqueidão Serra informou agora a contratação de Marco Azenha, médio ofensivo de 24 anos, e que na última temporada representou o AC Marinhense B.
.
Plantel CCR Alqueidão da Serra 2020-2021
Permanências: Guilherme, Pauleta, Fred Martins, Hugo Meca, Kiko, João Matos, Tiago Cerejo, Miguel Santos, Eduardo Valente, Chiquinho, André Tavares, Vasco Gonçalves e Nuno Colaço
Entradas: Pedro Boal (ex-UD Leiria), Tiago Claro e Marco Azenha (ex-AC Marinhense B) e Tomás Tavares (ex-SC Pombal) 
Saídas:
Treinador: Filipe Faria.

André Perre é reforço no Caldas SC

O Caldas Sport Clube acaba de anunciar o seu primeiro reforço para a próxima temporada. Trata-se de André Perre, 30 anos, médio natural da Benedita, que na última temporada actuou no AC Marinhense e que conta com passagens por clubes como UD Rio Maior, GD Peniche, SCU Torreense, CD Fátima, UD Leiria, FC Famalicão e Merelinense.
Para além desta contratação, o Caldas SC informou também das seguintes renovações: Rui Oliveira, Yordi Marcelo, Flávio Passos, Rafael Roque, André Santos, Marcelo Santos e João Rodrigues.
.
Plantel Caldas SC 2020-2021 (Em Constante Actualização)
Permanências: Guarda Redes: Rui Oliveira. Defesas:  Yordi Marcelo, Flávio Passos. Médios: Rafael Roque, André Santos, Marcelo Santos. Avançados:  João Rodrigues.
Entradas: André Perre (ex-AC Marinhense).
Saídas: 
Treinador: José Vala.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook