Booking.com

quarta-feira, março 26, 2014

Seniores : GD Peniche de luxo perante Meirinhas em dia não

22ªJornada da Divisão de Honra
Estádio do GD Peniche
Árbitro: José Oliveira.
Espectadores: 50. 
GD Peniche 8 - AR Meirinhas 1
.
GD Peniche 8
Sérgio Nobre, Bruno Francisco (Paulinho Martins, 60 min.), Paulo César, Edilson (cap.) (Abel, 45 min.), Paulo Bernardino, Ruben Sancheira, Pidocha, Fábio Mateus (Edgar Jesus, 45 min.), Luisinho, Motinha e Edgar Grincho. 
Não jogaram: Ruben, Morgado e João Silva. 
Treinador: Vasco Oliveira.
.
AR Meirinhas 1
Pedro, Batista, Leandro, Jonas, Roda, Diogo (Ed, 45 min.), Miguel (Zé Tó, 45 min.), Zé Luís (cap.), Falcão, Carreira e BA. 
Não jogaram: Ivo, João e Joel. 
Treinador: Sérgio Ramos.
.
Ao Intervalo: 4-0.
Golos: Fábio Mateus (4 e 30 min.), Motinha (9, 66 e 87 min.), Bruno Francisco (11 min.), Ruben Sancheira (47 min.), Edgar Grincho (65 min.) e Ed (90 min.).
Acção disciplinar: Cartão amarelo a Diogo (28 min.), Ed (55 min.) e Paulo César (65 min.).
.
Depois de uma derrota no terreno do Ginásio de Alcobaça, impunha-se que o Peniche retomasse o caminho das vitórias, o que veio a acontecer e logo com uma goleada.
Entrada muito forte dos locais que nos primeiros minutos conseguiram ter três situações de golo, tendo concretizado a última, quando Fábio Mateus aproveitou uma saída em falso de Pedro. A abertura do marcador numa fase do jogo inicial, proporcionou uma dose de confiança extra para o Peniche que através de jogadas bastante vistosas continuava a pôr em sobressalto a baliza contrária e foi com naturalidade que o 2-0 apareceu, quando Motinha e Ruben Sancheira desenharam uma excelente jogada de entendimento com o primeiro a surgir isolado e a encostar para o fundo das redes.
O Meirinhas acusou bastante este golo, tanto que logo no reatar da partida e após uma perda de bola no meio campo, Bruno Francisco isolou-se e fez calmamente o 3-0.
Adivinhava-se um resultado que há muito não se via, com um Peniche completamente avassalador a criar diversas jogadas de perigo e um Meirinhas que não conseguia acertar e parecia uma equipa completamente perdida. Contudo, a equipa visitante conseguiu equilibrar um pouco mais as operações no meio-campo e dava agora menos espaço aos médios do Peniche para construir jogo.
Foi na melhor fase do Meirinhas durante a primeira parte que o Peniche chegou ao 4-0 por Fábio Mateus, aproveitando um corte em cima da linha de golo em esforço da defensiva contrária.
Ao intervalo ambos os treinadores mexeram nas equipas, fazendo duas substituições. O Meirinhas tentava alterar um pouco o rumo dos acontecimentos e o Peniche tentava manter o ritmo da primeira parte o que aconteceu já que chegou ao 5-0 por Ruben Sancheira num lance de pura inspiração.
A segunda parte continuou a bom ritmo e surgiu em evidência Motinha, a fazer uma excelente assistência para Edgar Grincho fazer o sexto golo e, no minuto seguinte, os jogadores trocaram os papéis para fazer o 7-0. Perto do fim, Motinha ainda fez o oitavo golo e completou assim o seu 'hat-trick' nesta partida.
O tento de honra do Meirinhas surgiu por intermédio de Ed, num livre directo exemplarmente executado, em que não deu qualquer hipótese ao guarda-redes penichense.
Vitória completamente justa da melhor equipa num jogo bem arbitrado por José Oliveira e seus pares.

Texto: Paulo Neves (Diário de Leiria)

2 comentários:

  1. mais uma crónica transparente do que se passou, mas estavas distraido ao não incluires na teu texto um dos lances mais bonitos da tarde, que foi o momento em que o nosso pequeno grande jogador motinha vai oferecer um dos seus golos aquele que foi o nosso timoneiro durante sete anos, um abraço Paulo e aproveito a oportunidade para te dar os parabens pelo exelente trabalho que estás a fazer no comando da nossa equipa de juvenis.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, amigo anónimo por acaso não estava distraído e achei um gesto fantástico por parte do Motinha, pois o Sr. Ivo merece todas as manifestações de apreço pelo trabalho realizado nestes últimos anos, mas como deve calcular existe um limite máximo de caracteres que devo cumprir, se referisse esse facto, teria que referir tudo o que o Sr. Ivo fez pelo GDP e acredite que foi tanta, mas tanta coisa, que excederia em largo número o limite de caracteres que posso utilizar.
    Foi um momento que fica entre nós (apoiantes incondicionais do clube e que estão lá todos os domingos, ou a maior parte dos domingos), jogadores do clube, actual direcção e o Sr. Ivo.
    Muito obrigado pela crítica e pela referência ao trabalho desenvolvido no escalão, se bem que o mérito é inteiramente dos miúdos.
    Abraço,
    Paulo Neves

    ResponderEliminar

Pense duas vezes antes de comentar.
Moderação e bom senso é o que se pede!
Difamações e picardias valerá apena?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook