quarta-feira, outubro 02, 2019

GAU estreia-se a vencer com ‘bis’ de Kevin

Num jogo equilibrado e interessante de se seguir, o GAU foi mais eficaz e venceu com justiça a Moita do Boi por 3-1, somando assim os seus primeiros três pontos na Divisão de Honra.
Num Campo das Pedras bem composto para a estreia do GAU na Honra, em casa, a equipa da Bajouca entrou decidida e cedo Jani Mota deixou o aviso, com um defesa da Moita do Boi a tirar a bola em cima da linha. Pouco depois o golo chegou mesmo após um cruzamento em que Kevin apareceu a rematar cruzado de primeira, a fazer um grande golo.
Em desvantagem, a Moita do Boi reagiu e Simão, assistido de forma primorosa por Nélson Pereira, rematou com selo de golo, mas Gonçalo Oliveira cortou para canto. Pouco depois, invertem-se os papéis, com Simão a assistir Nélson Pereira que cabeceou para defesa brilhante de Joel Pedrosa para canto.
O jogo estava bom de se seguir, e pouco depois, Denis foi derrubado em falta dentro da área da Moita do Boi. Jani Mota na conversão da penalidade não falhou e ampliou a vantagem do GAU.
Pouco depois, o endiabrado Dilan passou por toda a gente ao estilo Maradona, obrigando Paulito a fazer falta mesmo à entrada da área, o que deu origem a um cartão vermelho directo para o defesa da Moita.
A perder por 2-0 e em inferioridade numérica as coisas pareciam complicar-se para os visitantes, mas em cima do intervalo, Nélson Pereira reduziu para 2-1 através de um pontapé de penálti, relançando a partida.
A etapa complementar começa com a Moita do Boi a procurar chegar ao empate mas melhor fez o GAU que num lance em que a defesa da Moita do Boi mostrou enorme passividade, Kevin apareceu isolado e fez o 3-1.
A partir daqui, a equipa da casa foi procurando uma gestão inteligente do jogo, perante uma Moita que nunca se rendeu e foi fazendo pela vida. No entanto, pela frente encontrou uma bem organizada equipa e só mesmo perto do final é que conseguiu criar algum perigo, através de Simão e Jimmy. Contudo, pertenceu ao GAU, em período de descontos, a melhor oportunidade quando Joel Domingues isolou-se, passou por Rodolfo, mas viu João do Toco tirar-lhe o pão da boca.
Quanto à arbitragem, Rafael Jorge realizou um trabalho tranquilo. Apenas dúvidas nos lances dos pontapés de penálti, mais aí teve o mérito de manter o critério nos dois lances.|

GAU 3
Joel Pedrosa, Dilan, Gonçalo Oliveira (Matas, 90'), Nicolas, Xavi, Fábio Silvério, Jani Mota (c), Mauro, Denis (Bruno, 79'), João Pedro (Joel Domingues, 77'), Kevin.
Não jogaram: Miguel Silva, Fábio Pereira, Gonçalo Mendes, Miguel Silva.
Treinador: Milton Branco.

Moita do Boi 1
Rodolfo, João do Toco, Marquito, Paulito, Zézito, Calixto (c), Danny Fernandes (Jimmy, int.), Pedrito (Saramago, int.), Sami (Mickael, 33'), Nélson Pereira, Simão.
Não jogaram: Duarte, João Cintra, David, Márcio, Saramago.
Treinador: Marco Gomes.

Campo das Pedras, na Bajouca
Árbitro: Rafael Jorge. Assistentes: Nélson Severiano e Pedro Lourenço.
Ao intervalo: 2-1. Espectadores: 200.
Golos: 1-0 Kevin (5'), 2-0 Jani Mota (25', p.), 2-1 Nélson Pedrosa (45', p.), 3-1 Kevin (56').
Disciplina: Amarelo a Jani (35'), Saramago (50'), João do Toco (55'). Vermelho directo a Paulito (41').

Texto e foto: Pedro Almeida - Diário de Leiria

Sem comentários:

Publicar um comentário

Pense duas vezes antes de comentar.
Moderação e bom senso é o que se pede!
Difamações e picardias valerá apena?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook