Booking.com

quinta-feira, novembro 17, 2016

Moita do Boi regressa às vitórias com uma boa dose de felicidade

Campo da Guarita, na Moita do Boi
Árbitro: Cláudio Monteiro. 
Auxiliares: Cláudio Alfaiate e Nuno Tiago Rodrigues.
Espectadores: 100. 
Moita do Boi 1
Rodolfo; Zezito, Micael Costa, Parracho e Daniel; Zé Pedro, Micael Santos, Sandro (Dani, 61'), Diogo Ribeiro, Pato (Giló, 80') e Jani (Valdir, 71'). 
Não jogaram: Pesca, Pedro Roma, David Cardoso e Panenka.
Treinador: Ricardo Silva.

CC Ansião 0
Malva; Jimmy, JP, Comboio e André Dias (Diogo Pimenta, 76'); Pedro Penela, Bajedas e Gonçalo Pimenta; Edi, Mota (Zé Nuno, 70') e Tenente (Rafael Abreu, 60'). 
Não jogaram: André Santos,Vitor, Cotas e Vasco.
Treinador: Paulo Neves.

Ao intervalo: 1-0.
Golos: 1-0 Diogo Ribeiro (24')
Disciplina: Amarelo a Bajedas (49’), Jimmy (54’), Rafael Abreu (66’), Zezito (78’) e Fábio Parracho (81’).


Num bom jogo de futebol, a Moita do Boi regressou às vitórias, ao derrotar o Ansião por 1-0. A vitória acaba por premiar a boa primeira parte do conjunto da casa que, no segundo tempo, teve de suar muito para conservar a vantagem. O Ansião merecia mais pelo que fez no segundo tempo, demonstrando que tem conjunto para os lugares cimeiros da tabela.
A Moita do Boi entrou melhor no encontro e Jani esteve muito perto de marcar, mas Malva rubricou uma ótima intervenção. A formação da casa tinha mais ascendente na partida e, aos 24 minutos, chegou ao golo por intermédio de Diogo Ribeiro, após cruzamento de Zezito, com o avançado a inaugurar o marcador. Poucos minutos depois, Zé Pedro desperdiçou o segundo golo para os locais.
Até ao intervalo, destaque apenas para um remate de Diogo Ribeiro, melhor em campo, que passou ao lado da baliza de Ansião.
No segundo tempo a toada de jogo alterou-se com o Ansião a apresentar uma postura mais ofensiva. A formação de Paulo Neves teve três oportunidades claras de golo. Primeiro foi Mota que, após boa jogada individual, esteve perto do empate. Seguiu-se uma perdida de Edi que, em boa posição para finalizar, atirou por cima. Não há duas sem três e assim foi. Gonçalo Pimenta, melhor jogador do Ansião na partida, atirou ao poste, após boa jogada individual.
Até final, apesar do maior domínio territorial do Ansião, a melhor oportunidade pertenceu aos locais por Zé Pedro, mas Malva efectuou uma grande defesa.
Num jogo com duas partes distintas, a repartição de pontos espelharia melhor o que se passou ao longo dos 90 minutos.
Cláudio Monteiro realizou um trabalho positivo, num jogo que nem sempre foi fácil de dirigir. Benefício da dúvida no lance em que o Ansião pediu grande penalidade. |

Texto: Cid Ramos - Diário de Leiria
Foto: Lilia Abreu

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pense duas vezes antes de comentar.
Moderação e bom senso é o que se pede!
Difamações e picardias valerá apena?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook