Booking.com

quarta-feira, março 29, 2017

Juvenis: SCL Marrazes vence e continua na luta

Campo da Aldeia dos Desportos, em Marrazes
Árbitro: Élio Simões. 
Assistentes: João Carvalho e Carlos Simões.
Espectadores: 60. 

SCL Marrazes 3
Sandro, Francisco, João António, Massas, Zé João, André Matias (Sima, 70'), Kiko (c), Diogo Carvalho, Guta (Rodolfo, 57'), Rodrigo Confraria, Ivan (Samir, 70'). Não jogaram: Diogo Martins, Roque, Zé Miguel, Roberto.
Treinador: Bruno Ramos.

GD Atouguiense 1
Pedro, Alfredo, Eusébio, César, Neves, Rodrigues, Daniel Madeira (c), Matheus, André (Bernardo, 68'), Vasco (Miguel, int.), João Paulo. Não jogaram: Rodrigo, Cedric.
Treinador: Carlos Pinto.

Ao intervalo: 1-0.
Golos: 1-0 Rodrigo Confraria (16'), 1-1 Rodrigues (72'), 2-1 João António (75'), 3-1 Samir (80+4’).
Disciplina: Amarelo a João Paulo (17') e Sandro (79'). Vermelho directo a João Paulo (48') e Francisco (48').

O SCL Marrazes não desiste da luta pelo título, e isso ficou bem provado ao vencer o Atouguiense por 3-1.
A jogar em casa, o SCL Marrazes entrou pressionante, e Ivan, com um remate na passada, obrigou Pedro a uma defesa apertada. Pouco depois, André Matias rematou perigoso, mas a bola embateu no poste. Adivinhava-se o golo da equipa da casa e, aos 16', o SCL Marrazes chegou ao golo. Tudo começa num ataque rápido, com Rodrigo Confraria a finalizar da melhor forma (1-0).
O golo sofrido pareceu fazer bem ao Atouguiense que, depois de um mau início de jogo, passou a procurar dividir mais a partida, criando duas boas ocasiões para marcar.
Perto do intervalo, o Atouguiense voltou a criar perigo, com o inevitável João Paulo a tentar o chapéu a Sandro, mas a bola sai ligeiramente por cima. Na resposta, Guta, com um bom remate, obrigou Pedro a defesa apertada.
A segunda parte começou numa toada mais lenta. Aos 48', Élio Simões considerou uma agressão mútua num lance entre João Paulo e Francisco e as duas equipas passaram a jogar com dez. O jogo estava desinteressante e só aos 72' ganhou emoção quando Rodrigues encostou para o golo do empate, na sequência de um canto. No lance seguinte, o Marrazes voltou a ficar em vantagem com João António a aproveitar um mau alívio.
Perto do final, Samir que vinha de uma semana complicada a nível físico, ganhou na garra e, com um excelente remate do meio da rua, fez o 3-1 final.
Boa arbitragem de Élio Simões, no entanto as expulsões parecem algo exageradas, mas estava em cima da jogada pelo que tem o benefício da dúvida.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pense duas vezes antes de comentar.
Moderação e bom senso é o que se pede!
Difamações e picardias valerá apena?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook