Booking.com

quinta-feira, maio 16, 2019

Marinhense bate recorde de pontos e condena Figueiró dos Vinhos à descida de divisão

O Municipal Afonso Lacerda foi palco, na passada tarde domingo, do frente a frente entre AD Figueiró dos Vinhos e AC Marinhense, que terminou com uma vitória tranquila por 2-0 dos alvinegros, que bateram o recorde de pontos de sempre da Divisão de Honra.
Com um Marinhense sempre controlador da partida, começou com um remate perto do poste de Zé Pedro, que teve tudo para ser mais um grande golo do lateral. Pouco depois foi o Figueiró que, nas poucas vezes que incomodou Hugo Pinheiro, o obrigou a uma boa defesa.
Mas o golo chegaria à passagem do minuto 17: cruzamento na direita do ataque por Zé Pedro, a bola passou por Pedro Emanuel que deixou para Rúben Coelho encostar para o primeiro da tarde.
As coisas foram-se tornando mais fáceis para o Marinhense que foi chegando paulatinamente à área adversária, sem que fosse precisa grande intensidade. Assim, Pedro Emanuel aumentou a vantagem de cabeça, à passagem do minuto 42, levando o Marinhense a vencer ao intervalo por 2-0.
Na segunda parte, o jogo teve um ritmo menos intenso, com destaque apenas para uma boa defesa de Hugo Pinheiro, ao minuto 53, após um canto da AD Figueiró dos Vinhos, e para dois lances de perigo que podiam ter dilatado a vantagem do Marinhense, por parte de Marcos Santos e Rúben Coelho.
Até final, o Marinhense controlou a partida, perante uma AD Figueiró dos Vinhos sem argumentos para contrariar o poderio do adversário, mas que nunca virou a cara à luta, apesar de ver sentenciada a sua descida de divisão.
O Marinhense totalizou 80 pontos, a uma jornada do fim, e conquistou o recorde de pontos da AFL Divisão de Honra, num jogo que contou com mais uma arbitragem positiva de Jorge Carreira.|

AD Figueiró Vinhos 0
Patrick Pais, Vítor Nunes, Daniel Ferreira, Luís Lopes (Luís Estudante, 65’), Diogo Dias, Diogo Pimenta, Jorge Esteves (Darsen Dumby, 65’), Rodrigo Mendes, José Serra (Alexandre Gomes, 84’), David Gouveia, Gregório Tomás.
Não jogaram: Nélson Lopes, Diogo Almeida, Rafael Caetano, Matine.
Treinador: Nuno Cunha.

AC Marinhense 2
Hugo Pinheiro, Zé Pedro, Nélson Marques (Zé Miguel, 82’), Luís Oliveira, Tozé, André Sousa, Bernardo Lopes, Fábio Silva (Marcos Santos, 68'), Rúben Coelho, Rúben Martins (c)(Alex Dias, 68’), Pedro Emanuel.
Não jogaram: João Guerra, Fred Machado, João Paulo, Pedro Rodrigues.
Treinador: Marco Aurélio.

Estádio Municipal Afonso Lacerda, em Figueiró dos Vinhos
Árbitro: Jorge Carreira. Assistentes: Tomé Pires e Gonçalo Gomes.
Espectadores: 150. Ao intervalo: 0-2.
Golos: 0-1 Rúben Coelho (17’), 0-2 Pedro Emanuel (42’).
Disciplina: Amarelo a Daniel Ferreira (78’).

Texto e foto: André Lucas - Diário de Leiria

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pense duas vezes antes de comentar.
Moderação e bom senso é o que se pede!
Difamações e picardias valerá apena?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook