Booking.com

sábado, janeiro 31, 2009

JÁ ESTÁ !!!

Quem não acordou acordasse a tempo, agora já vai tarde, e os adeptos e demais pessoas ligados aos clubes de Leiria, em vez de andarem a discutir boçalidades sem sentido deviam ter feito pressão sobre a nossa AF Leiria para que a infâmia não fosse adiante... Agora meus amigos daqui a uns 3 ou 4 anos, no máximo, a maioria dos nossos queridos clubes ou fecha portas ou joga no Inatel, incluindo as camadas jovens.


-----

Futebol: FPF - III Divisão vai ser extinta na época 2010/2011


"Lisboa, 31 Jan (Lusa) - A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) aprovou hoje, em Assembleia Geral (AG), a alteração dos quadros competitivos, que extinguem a III Divisão e mantêm a II Divisão como a única prova de âmbito nacional de seniores masculinos.

A proposta, apresentada pela Direcção da FPF, prevê que a III Divisão seja extinta na época 2010/2011, altura em que os vencedores dos campeonatos distritais sobem automaticamente à II divisão.

Aprovada na generalidade e sob alguma contestação, a proposta vai agora ser regulamentada e terá depois de ser submetida a nova aprovação em AG.

A decisão - aprovada com 312 votos a favor, 123 contra e 60 abstenções - motivou o protesto da Associação de Futebol (AF) de Braga, cujo presidente acabou por abandonar a sala ainda durante a reunião magna.

Carlos Coutada considerou que as alterações "são redutoras e levarão à extinção de um grande número de pequenos clubes", além de revelarem "falta de comunicação entre o futebol profissional e não profissional".

Para o presidente da AF de Braga, as justificações economicistas, invocadas pela FPF, "são uma falsa questão", até porque "os clubes terão mais apoios se estiverem numa competição nacional do que numa regional".

Amândio de Carvalho, vice-presidente da FPF, considerou que a proposta "procura aproximar os clubes uns dos outros, em termos geográficos", mas admitiu ter dúvidas quando "a questões de competitividade".

O vice-presidente da FPF referiu que o "assunto tinha de ser tratado, porque cada vez se gasta mais e recebe menos".

A II Divisão passará a ser disputada por 48 clubes, divididos em três séries de 16 clubes, a duas voltas, num sistema por pontos, cujos três vencedores disputarão uma fase final, subindo os dois melhores à Liga de Honra.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional manifestou, entretanto, disponibilidade para estudar a hipótese de subida de três equipas à Liga de Honra.

O plenário da FPF, presidido por Avelino Ribeiro, que sucedeu ao demissionário Mesquita Machado, aprovou também reformulações ao nível dos campeonatos de juniores, juvenis e do futebol feminino.

A proposta de reformulação dos campeonatos de juniores e juvenis, pretende, segundo Agostinho Oliveira, coordenador das camadas jovens da selecções, "aumentar a competitividade e fazer uma filtragem qualitativa, tendo em conta os superiores interesses das selecções".

O nacional de juniores será dividido em duas zonas, de 12 equipas cada, com as oito melhores a disputarem um play-off de subida.

Nos juvenis, deixa de existir a actual II Divisão, com as equipas a ascenderem directamente dos distritais à I Divisão.

No início da AG, o presidente da FPF, Gilberto Madaíl, informou os membros de que a proposta de alteração de estatutos do organismo, exigida ao abrigo da nova Lei de Bases, "está concluída conforme as normas da FIFA e deverá agora ser analisada pelos associados".

18 comentários:

  1. Concretamente e ao nivel do nosso distrito, digo-vos enquanto arbitro da AFL que ainda n viram nada... Preparem-se para o que ai vem para os escalões de formação... Se voces se queixavam da qualidade de certas arbitragens, e dos campos que n tinham arbitros, agora deixam de falar dos campos sem arbitro mas garanto-vos que a qualidade da arbitragem vai ser ainda pior...
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Joga-se no Inatel!

    Os clubes mais pobres, podem fazer um campeonato entre si! não deixa de ser futebol!
    Chega de Inscrições Demasiado Caras, de Taxas de jogo Insuportáveis etc...

    Faz-se do tipo brasileiro... Há o brasileirão e... os estaduais!!!, organizados por entidades diferentes!

    Os jogos entre veteranos por exemplo, são jogos amigáveis em q as pessoas se divertem (ou procuram fazê-lo)

    O Futebol Distrital não pode, nem vai acabar certamente!



    Já não bastava a crise, agora ainda querem acabar com a bola!?

    Saudações

    ResponderEliminar
  3. De facto era melhor continuar com este assombro que é o despesismo desmedido em busca de um lugar nos 6 primeiros para nao descer aos distritais... acordem! Agora pode ser que as equipas de Leiria voltem a ter mais derbies onde os valores monetarios podem subir para os cofres dos clubes, sendo que os que tiverem maior visao conseguirão a médio prazo colocar a sua equipa não na terceira mas na 2ªDivisão! Isto para quem vive obcecado com as subidas e descidas a terceira divisao! Quanto aos arbitros, antes dois ou um do que nenhum como acontece nos jogos de hoje em dia... E se deixarem de ver a formação como uma das fontes de receita para terem equipas seniores com jogadores a serem pagos, então talvez abram os olhos de uma forma bem linear no sentido do que é gerado para a formação ser encaminhado nessa mesma formação! Dividam lá as despesas seniores e formação e cheguem às conclusões! "Só os mais fortes sobrevivem!- É a lei natural da vida!"

    ResponderEliminar
  4. Sinceramente não vejo mal nenhum nesta nova extrutura dos campeonatos. Lembro que no passado apenas havia 3 divisões nacionais que eram a 1º Divisão, a 2ºDivisão que era diputada em 3 zonas e ainda a 3ªdivisão que se disputava mais ou menos como agora.Alguma coisa tinha que ser feito pois este modelo esta claramente desajustado para o país em que vivemos ficando no entanto a divisão de honra ainda por reformular. Acredito que a divisão de honra se devia transformar em 3 series e que deveriam subir os 1º classificados de cada serie. Se assim fosse talves fosse possivel descentralizar um pouco mais o Futebol , já que dessa forma teria que obrigatóriamente subir sempre uma equipa da zona Sul. em relação aos distritais julgo que nada vai mudar apenas terá que se criar mais uma divisão, ou seja Honra, 1ª e 2ª divisão distrital.Alias assim acontece em outros distritos.Todas as equipas vão poupar nas despesas pois terão deslocações mais proximo. Na verdade para quem sonha ganhar algum dinheiro com o Futebol as coisas vão piorar pois todos os clubes vão ter que pagar muito menos do que aquilo que se paga hoje.não vejo onde pode isso acabar com os clubes. apenas têm que se ajustar ao novo modelo.Não lhes parece que se gasta muito dinheiro com futebol neste Portugal?

    ResponderEliminar
  5. Na minha opinião não tem nexo o que esta a acontecer! o que eu entendo disto e que so os bons jogadores poderam jogar à bola em campeonatos! e os de menos qualidades... aqueles que amam o futebol, deixam de jogar ha bola? axo isso uma perfeita estupidez... isto so vai levar a que o futebol deixe de ter adeptos... ate porque o futebol distrital tambem serve de distracçao para muitas pessoas que nao tem familia como os idosos os principais adeptos de futebol... eu falo por mim se o futebol distrital acabar na minha zona eu deixo de frequentar o futebol porque daqui a 2 anos sou senior e nao tenho equipa para jogar, porque infelizmente so vao jogar os que sao muito bons e os que têm o pai na direcçao ou o tio...
    comps

    ResponderEliminar
  6. então andámos a gastar milhares de euros a construir campos de futebol com relvados sintéticos para agora se deixar de pratica futebol na maioria desses campos!

    ResponderEliminar
  7. mesmo assim acho que temos umas divisões a mais, para distinguir o proficional do amador a 1 liga com 4 equipas a descer e a liga de honra com duas series de 16 equipas norte e sul para subirem duas de cada lado e acabar com asegunda B que são proficionais de pé descalço que só têm é despesas e mais nada, o distrital forte com rivalidades entre as terras mais proximas porque é isso que leva o publico aos campos de futebol, agora equipas como o sajoanense vem jogar a peniche trás com sigo os directores porque são obrigados a vir mas se tiver-mos derbis caldas - peniche , alcobaça- nazarenos , ou peniche- nazarenos a disputarem lugares que deêm acesso á tal liga com serteza que vamos voltar a ter campos cheios . tenho saudades de ver o baluarte cheio , a mata cheia ,o campo da nazaré cheio com este passo acho que vamos voltar a nos identificar novamente com os nossos clubes e o proficionalismo não sei se não acabando aos poucos como é possivel ter 500 pessoal a ver o leiria?

    ResponderEliminar
  8. Aleluia que alguem faz alguma coisa de jeito no futebol português..................

    Deixemos de ser hipócritas e olhemos para este modelo como a salvação do futebol nacional e mais propriamente do futebol distrital de leiria......

    As "mentes abertas" que dizem que este modelo vai matar o associativismo concerteza são de distritos como lisboa, porto e braga que têm séries da III divisão com 14 e 15 equipas dos seus distritos.......

    No caso de leiria vai ser um garante de rendimentos e de sustentabilidade para os nossos clubes...... ainda mais quando o nosso distrito apenas de 4 em 4 anos tem capacidade para colocar uma equipa na II divisão........

    O que é que ganha uma equipa como o caldas ou o peniche em andar a fazer deslocações de mais de 150 km (no caso do peniche à ilha da madeira)? Eu respondo dividas.... porque adeptos duvido e mais patrocinios tambem duvido...........

    Agora tambem sou de acordo que este modelo só tem pernas para andar se estiver garantida a subida de uma equipa por distrito, porque se for necessario um jogo inter-distrital para garantir quem sobe ai acho pouco viavel.......

    Para os clubes do distrito de leiria antevejo um bom futuro..... senão pensemos num campeonato com equipas como caldas, pombal, peniche, marinhense, Portomosense, Alcobaça, Alq. da Serra, Nazarenos, Beneditense, Marrazes, Gaeirense, Bombarralense...........

    Só estes clubes garantem derbies semanalmente........ e casas bastante compostas......

    ResponderEliminar
  9. estou de acordo com o adepto das 9:17 estes clubes só vão beneficiar com os derbis e os outros clubes que não estavam abituados a jogar com os clubes do nacional tambem beneficiam com gaeiras, pataias , guia, alqueidao, portomos, benedita, caldas, marinhense, peniche, pombal,alcobaça´nazarenos, não sei onde este distrital pode ficar menos competitivo do que uma 3ª divisão nacional?
    esta medida peca por tardia devia ser já para o ano que vem.

    ResponderEliminar
  10. Meu caro amigo anonymous, se a próxima época a que se refere a sua pergunta é a 2009/2010 devo dizer que como habitualmente tem sucedido com esta gente que dominam as Associações o que aconteceu mais uma vez é de uma enorme confusão que eu penso que quem votou não sabe o que votou, houve duas votações que foram aprovadas duas situações que se sobrepõem, por isso se alguém avançar com a impugnação que a dita tem efeito. De
    qualquer modo, penso que o espírito que ficou subjacente àquela discussão (eu apelido de confusão)é o seguinte: a III divisão mantém-se mas com 12 clubes o que implica que já esta época sejam despromovidos mais clubes que a época passada. Em 2010/2011 acaba a 3ª divisão e portanto descem aos distritais todos os clubes que por ai andarem, à excepção dos 6 que se classificarem para a II divisão e nas épocas seguintes dos regionais sobem directamente a II DIVISÃO os 18 vencedores dos distritos do continente, mais o vencedor dos Açores e o vencedor da Madeira e passam a descer da II DIVISÃO para os regionais 7+7+6, ou sejam 20 clubes das 3 séries da II DIVISÃO. Claro que todos os anos há um clube em cada distrito que sobe de divisão, mas quais são aqueles que aguentam esta estrutura ao descerem 7 de uma assentada? Estou convicto que há clubes que nunca mais conseguem sair do regional e isso naturalmente provoca desmotivação. É este o figurino que estes inteligentes criaram. Se quiser acompanhe o blogue; FOFO-VENCER é sempre util e lá poderá observar as nossas posições e clique no blogue do presidente: Dicas do Lau que também encontra informação adequada. Um abraço, DOMINGOS ESTANISLAU-PRESIDENTE DA DIRECÇÃO DO CLUBE FUTEBOL BENFICA

    ResponderEliminar
  11. Houve uma assemblei gerla importante na AFLeiria e apenas lá compareceram meia dúzia de clubes, como tal foram esses a aprovar o que foi prosposto. A maioria dos clubes falam muito mas é nos cafés e na hora da verdade não aparecem. O ano passado desceram 7 clubes à 1ª. Distrital, fizeram uam barulheira, mas na assembleia geral não compareceram nem disseram nada. É só goela. Só falam quando perdem e quanto estão com a corda na garganta. è mais fácil mandar uns recadinhos à AFLeiria através deste blog, pois assim não dá trabalho e não se sabe quem é.

    ResponderEliminar
  12. se calhar és da associação,ou és um daqueles que descreves no teu comentário.

    ResponderEliminar
  13. A F LEIRIA A GRANDE RESPONSÁVEL POR ESTE ABORTO QUE FOI APROVADO NO DIA 31.01.2009

    ResponderEliminar
  14. A CONFUSÃO ESTÁ INSTALADA
    Com espanto comecei a ler as noticias da Assembleia da Federação Portuguesa de Futebol, realizada no sábado, dia 31 de Janeiro, no domingo de manhã. As primeiras noticias veiculadas pela Comunicação Social, confesso deixaram-me triste e desiludido.
    Hoje ao tomar conhecimento do Comunicado da Associação de Futebol do Algarve, o qual reivindica a sua proposta como a vencedora naquela Assembleia, fiquei deveras espantado e preocupado. Como é possível tanta gente naquela Assembleia não se ter apercebido de uma duplicação de votação. A A.F.Algarve, diz agora que a sua proposta foi aprovada na especialidade e a proposta da FPF foi aprovada na generalidade, confesso que não percebo esta argumentação e como tal doi-me que um Órgão como este meta os pés pelas mãos e apareça a defender uma situação tão aberrante quanto esta. Ora, a Assembleia Geral tinha uma ordem de trabalhos com três pontos. O 3º ponto, o mais polémico, tinha o seguinte teor: APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO DE UMA PROPOSTA DE ALTERAÇÃO AO QUADRO COMPETITIVO DO FUTEBOL SENIOR (II E III DIVISÃO), APRESENTADA PELA DIRECÇÃO DA FPF.
    Ora bem, a referida proposta é clara e objectiva e foi aprovada por maioria.
    Porque razão a A.F.Algarve de seguida apresenta uma outra proposta que visa alterar também o QUADRO COMPETITIVO DO FUTEBOL SÉNIOR, diferente na substância daquela da Federação.
    Temos aqui um erro clamoroso na condução dos trabalhos da Assembleia Geral, ou seja, se já havia sido aprovada uma proposta cujo filosofia era a mesma mas de articulado diferente, não compreendo porque razão esta proposta foi aceite pela Mesa e porque razão nenhum sócio da Federação reparou nesta anomalia.
    Na minha opinião esta Assembleia está ferida de morte e portanto anulada. Ainda bem que este clamoroso erro ocorreu porque assim volta tudo a primeira forma. Esta, se funcionar a legalidade, é a realidade. Não tenho formação juridica, tenho a formação apreendida em Assembleias Gerais e penso que chega para compreender que as decisões ali tomadas não são legais. Reforço o que digo acima, ainda bem que isto aconteceu porque naturalmente as decisões não têm qualquer validade.
    Entretanto e de acordo com o Regulamento da FPF em vigor no que se refere à data limite para alteração dos campeonatos, o dia limite é o dia 31 de Janeiro, sendo assim uma vez que tal aconteceu já não é possível reunir a Assembleia Geral em prazo legal para decidir sobre os QUADROS COMPETITIVOS relativamente à época de 2009/2010.
    ESCREVEU-SE DIREITO POR LINHAS TORTAS.
    A confusão está instalada e vamos ver qual ou quais os argumentos que vão ser dirimidos e no final quem é que tem razão. Todavia, os Clubes continuam domingo a domingo a disputarem os seus campeonatos e à espera que a situação seja clarificada. Se fosse eu a mandar decidia assim: ESTÁ TUDO ANULADO. VAMOS CONVERSAR, FAZER UM AMPLO DEBATE SOBRE ESTA MATÉRIA PARA NÃO DECIDIR LEVIANAMENTE. ASSIM É QUE É DEMOCRÁTICO, CORRECTO E SERVE O INTERESSE DE TODOS. OK?
    DOMINGOS ESTANISLAU-PRESIDENTE DO CLUBE FUTEBOL BENFICA

    ResponderEliminar
  15. senhores do futebol - UM ALERTA :
    DEDIQUEM UM POUCO MAIS DO VOSSO TEMPO AOS ESCALÕES SECUNDÁRIOS - Já tive a ler as propostas da alteração em causa, e mesmo assim, apesar de estar de acordo com a generalidade das alterações, subsistem ainda muitas dúvidas. TENTEM IR AO PORMENOR NOS REGULAMENTOS (prevejam e simulem situações para evitar dissabores futuros, façam regulamentos com lógica) - SÓ UMA COMPETIÇÃO COM LÓGICA PODERÁ TER INTRESSE - por exemplo, eu pergunto:
    - Que lógica tem fazer um campeonato com duas fases, se a segunda fase se vai disputar com as mesmas equipas (não todas, eu sei, mas todos os jogos dessa segunda fase, já foram realizados na primeira)- é como se houvesse uma eliminatória,a quatro mãos em vez de duas (talvez um pouco repetitivo).
    Pergunto - qual a razão de na II divisão se ir disputar uma fase final só com os vencedores de série?
    Qual seria o problema se numa fase final, ou de subida, estivessem presentes 2, 3 ou até mesmo 4 equipas de cada série a disputar a subida com o mesmo nº equipas de outras séries,(por acaso já viram como são os regulamentos das provas em Espanha, por explo.), talvez assim a fase regular de um campeonato não fosse tão redutora,e a subida de divisão fosse mais justa, qto à qualidade das equipas que sobem de divisão, porque talvez um segundo classificado de uma série mais forte, merecesse mais a subida, que o 1º de uma série mais fraca, por explo. Claro que defendo que na tal fase final, em caso de empate entre duas equipas numa eliminatória a duas mãos ou noutra qualquer situação, as PRIMEIRAS FORMAS DE DESEMPATE fossem todas baseadas na fase regular, para assim se premiar também o bom desempenho nessa fase.
    Muitas outras questões se me levantam sobre este tema, pois sempre gostei muito de futebol, e dou por mim muitas vezes a pensar como o tornar melhor, coisa que eu acho, pelo que vejo e leio, que nem todos os que o devem fazer,o fazem.

    ResponderEliminar
  16. SR.Presidente da A.F.LEIRIA es um dos responsaveis por isto que se anda a passar no futebol nacional.Deves querer tacho.Por favor vai te embora,nao ponhas abaixo o futebol

    ResponderEliminar
  17. O FUTEBOL NAO PROFISSIONAL ESTÁ DE LUTO !
    Ao votar favoravelmente a alteração dos Quadros Competitivos de Futebol Sénior ( II e III Divisão Nacional) a Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Futebol deu em nosso entender, uma grande “machadada” no Futebol não Profissional. A FPF com a justificação de com esta proposta está a ir ao encontro da realidade desportiva e económica do País e das dificuldades financeiras dos Clubes, mais não está do que a sobrepor o Futebol Profissional sobre o Não Profissional. A LPFP( 100 votos) e a APAF (50 votos) ao votarem a favor,ajudaram como "coveiros" do Futebol Nao Profissional, eliminando o Campeonato Nacional da III Divisão Nacional, com a consequente  despromoção obrigatória  na próxima época de 80 Clubes e mais de 100 árbitros da III Divisão Nacional para os Campeonatos Regionais.
    O que muda
    Época transitória de 2009/10
    III DIVISAO NACIONAL
    96 Clubes, divididos em 8 séries de 12 equipas(6 do Continente, 1 dos Açores e outra da Madeira).
    Campeonato a 2 voltas para apurar os 6 primeiros( que disputam a fase de subida).Sobem 2 Clubes por série (total 16 Clubes) á II Divisao Nacional. São despromovidos aos Distritais 10 Clubes por série (total 80 Clubes)
    Época 2010/11
    II Divisao Nacional
    48 Clubes, divididos em 3 séries de 16 Clubes.O 1º Classificado de cada serie disputará a fase final de apuramento do campeão e sobem 2 ou 3 (mediante acordo com a Liga)á Liga Vitalis. Descem um total de 20 Clubes aos Campeonatos Distritais.
    III Divisão Nacional
    Foi extinta, nao existirá
    Campeonatos Distritais
    Sobem 20 Clubes, os vencedores de cada Campeonato distrital, mais 1 da Madeira e outro dos Açores.
    Veja abaixo quem ( e como ) votou a proposta na Assembleia Geral de 31.01.09
    Sócio da FPF
    Como votou
    Liga Portug Futebol Profissional
    A favor
    Aveiro
    Contra
    Sindicato Jogadores
    Abstenção
    Sindicato Treinad Futeb
    Contra
    Assoc. Nac.Dirigentes
    Abstenção
    Assoc. Nac. Enfermeiros
    Abstenção
    Assoc. nac. Médicos
    ausente
    Angra do Heroismo
    A favor
    APAF
    A favor
    Algarve
    A favor
    Beja
    Contra
    Braga
    Contra
    Bragança
    A favor
    Castelo Branco
    A favor
    Coimbra
    Contra
    Évora
    Contra
    Guarda
    A favor
    Horta
    A favor
    Leiria
    A favor
    Lisboa
    A favor
    Madeira
    A favor
    Ponta Delgada
    A favor
    Portalegre
    A favor
    Porto
    A favor
    Santarem
    A favor
    Setubal
    Contra
    Viana Castelo
    A favor
    Viseu
    A favor
    Vila Real
    Contra
     
     
    Resultados em nº de votos
     
    A favor
    312
    Contra
    123
    Abstenções
    60

    ResponderEliminar
  18. Digam-me qual o mal de ter havido alguém a pensar o futebol regional.
    Se formos a ver bem os clubes que andam por aí na 3ª divisão sobrevivem à custa dos dinheiros do povo, das autarquias, Marinhense, Pombal, Caldas, não deve ser da massa assossiativa que sobrevivem. Porque não criar uma divisão distrital fortissima onde se pode ver futebol sem grandes custos para os clubes? Só se deve meter travão a AFL para não vir tirar proveitos disto e aumentar as taxas de inscrições e de jogo!

    ResponderEliminar

Pense duas vezes antes de comentar.
Moderação e bom senso é o que se pede!
Difamações e picardias valerá apena?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Wook